Uncategorized

Haroldo Ferreira, vice de Gleisi, é ex-tucano

unnamed

O médico Haroldo Ferreira, confirmado ontem na chapa de Gleisi Hoffmann (PT) como candidato a vice-governador pelo PDT, apoiou o PSDB nas eleições municipais de 2008 e 2012. Então presidente do PDT de Araucária, cidade da região metropolitana de Curitiba, Haroldo Ferreira articulou o apoio do PDT ao então candidato tucano, Albanor Zezé, eleito em 2008.

Com a vitória, Ferreira tornou-se secretário da Saúde de Araucária e o PDT teve participação em várias secretarias da gestão tucana. Além da Saúde, ocupada pelo vice de Gleisi, o PDT comandava a Procuradoria, Trabalho, Meio Ambiente, Agricultura e Segurança.

9 Comentários

  1. Tiburcio Gabiru Responder

    Assim como o vice do Beto (Flávio Arns) foi eleito pela legenda do PT, se dependesse dos votos dele não seria nem deputado estadual…

  2. Fernando Pontes Responder

    Grande Dr. Haroldo, homem íntegro, trata a todos de maneira igual, atende a quem lhe procurar, um dos políticos mais honestos que temos no Paraná.

  3. Antes de morrer, Brizola rompeu com o petê. Na saída, disse ao sapo barbudo: “Sapo, você não foi eleito para fazer isso que está fazendo”. O PDT autêntico desapareceu com a morte de Brizola. A turma do lé-lé que está aí não representa em nada o trabalhismo. Representa o fisiologismo absoluto. O braziu precisa de uma revolta popular tremeeenda…. que ponha fim às gangues partidárias falsamente chamadas de ‘partidos políticos’ que só existem aqui mesmo, no braziu ziu ziu ziu da *** . Revolta popular seguida de emancipação dos estados e emancipação das cidades também. Fim do ‘legislativo’ (hahahaha) e fortalecimento do Judiciário, com o código de conduta mais rigoroso da História da Humanidade. Daí, tem jeito.

  4. Luiz Fernando Pereira Responder

    Incoerência? Pois Flávio Arns, vice de Beto Richa, também já foi do PT.

  5. Agora sim ….esta aprovado…apoiou o ALBANOR ,pelo amor de DEUS!!!!!…um baita vice….”.eta homi bão.”….!!!!!!…
    Gleise nem larga….morreu antes de ligar os motores….vai voltar para mais 4 anos no senado…

  6. NA CORDA BAMBA Responder

    OIto anos no senado é tempo demais. Azar do estado que
    colocou esta matraca da Gleisi em Brasília… Não faz nada
    pelo Paraná.

  7. o vice da Gleisi é ex. tucano,o candidato ao senado não sabe direito quem é,será que a chapa vai pra frente,vou pagar pra ver.

  8. Alguns políticos crescem sem mandatos. Quem sabe livre das amarras do cotidiano cartorial e fisiologista dos atuais partidos, se preocupam mais com a sua própria historia e biografia pessoal.

    Lamentável que o valente e letrado DR. Haroldo Ferreira – que iniciou-se na politica ao lado de Valter Pecoits, Euclides Scalco e Deni Schartz – não tenha seguido os ensinamentos da coerência e desapego ao oportunismo, , que agora turbam a mente do médico Haroldo.

    Lamentável aos que sempre acreditaram nele e votaram.

    Mancha sua biografia ao se abraçar a esta candidatura que atende apenas aos interesses do petismo, porque eles mesmos sabem que não tem nenhuma chance de vitoria no Paraná.

    Serão meros cabos eleitorais da D I L M A I S.

  9. Mariano de Sá Responder

    È tão tucano que já foi Secretário Geral do PSDB e impediu que o Euclides Scalco retornasse ao PSDB.

    Tremendo traíra, se não fosse o Scalco jamais teria sido eleito deputado estadual. Também, foi deputado de um só mandato.

Comente