Uncategorized

Dilma estima teto de R$ 290 milhões para gastar na campanha

unnamed

Quando formalizar o registro da candidatura da presidente Dilma Rousseff, o PT vai informar à Justiça Eleitoral que o teto de gastos do partido na campanha de reeleição será de R$ 290 milhões. Em 2010, quando Dilma concorreu pela primeira vez, os petistas estimaram gastaram R$ 237 milhões. As informações são do Estadão.

O PSB, por sua vez, projetou gastar R$ 150 milhões com a campanha de Eduardo Campos. Há quatro anos, sua companheira de chapa, Marina Silva, então no PV, registrou um teto de R$ 97 milhões (R$ 120 milhões em valores atuais), mas no fim da disputa declarou ter gasto R$ 24,9 milhões (R$ 31 milhões após correção inflacionária).

O PSDB ainda não informou ao Tribunal Superior Eleitoral qual será seu teto de despesas. Em 2010, quando José Serra disputou a Presidência pelo partido, a previsão máxima de gastos era de R$ 180 milhões (R$ 223 milhões, em valores corrigidos).Quarto colocado nas pesquisas, Pastor Everaldo (PSC) estimou gasto máximo de R$ 50 milhões em sua campanha.

A apresentação de estimativas de gastos é uma exigência da legislação. Além disso, devem constar no pedido de registro do candidato a presidente declaração de bens, plataforma de governo certidões criminais e fotografia em formato digital, dentre outros documentos.

3 Comentários

  1. A sede de chegar ao trono é tão grande que o PT nem es-
    conde mais o gasto absurdo e milionário da campanha elei-
    toral. 290 milhões para tentar provar ao povão que o seu go-
    verno vai “tentar” fazer alguma coisa para a nação !?
    Isto prova mais uma vez que político não vale nada mesmo.
    Campanhas de austeridade e demonstrações de que está
    ao lado do povo é uma balela tão grande que quem acredita
    em Papai Noel vai continuar assistindo as propagandas elei-
    torais e votando…

  2. Porque o psdb não vede uns brochinhos com a insignia daquele tucaninho deles, já que pelo destaque que expõem o blog na manchete da a impressão que vai fazer uma campanha franciscana?

Comente