Uncategorized

Obras da Unila atrasam e consórcio culpa governo

1607-unila

O consórcio Mendes Junior/Schahin paralisou as obras da Unila, em Foz do Iguaçu, e culpa a universidade e o Ministério da Educação pelos atrasos nas entregas de projetos executivos. A notícia foi destaque na Gazeta do Iguaçu, jornal local, mas há suspeita de atrasos nos pagamentos. O complexo de 144 mil metros quadrados devia ser entregue, sua primeira fase, neste ano e tem apenas 40% das obras concluídas.

As empreiteiras ainda ameaçam abandonar as obras que começaram em 18 de julho de 2011. O primeiro orçamento de R$ 242 milhões já foi redimensionado em R$ 260 milhões. O consórcio aponta ainda, para justificar os atrasos, as falhas geológicos no terreno. A sede da Unila, um projeto de Oscar Niemeyer, tinha previsão para ser entregue em 2015.

1607-unila-2

1 Comentário

  1. o amigo do povo Responder

    Pelo menos esta obra não faz parte do legado da Copa. Mas se junta àquela famosa refinaria que, insiste em não acabar nunca, aquela que está, ou pelo menos deveria estar sendo construída, na terra do 51. Contava até com a participação do Chavito, é aquele mesmo, o ditador venezuelano. Com a morte dele a participação dos “sócios venezuelanos” também morreu. Ou desapareceu.

Comente