Uncategorized

PT racha em 3 chapas nas eleições da APP Sindicato

unnamed

Não é só na candidatura de Gleisi Hoffmann que o PT do Paraná está rachado. As alas sindicais do partido racharam e brigam intensamente pelo comando da APP Sindicato, que terá eleições para nova diretoria em 10 de setembro. A briga tem motivo e não é por menos. A APP é um dos maiores sindicatos do Paraná e do Brasil. Só neste ano, o orçamento da entidade é de R$ 25 milhões – valor maior do que o orçamento de 85% dos municípios paranaenses.

De um lado está o grupo da ex-presidente, Marlei da Silva, agora candidata a deputada federal, que se uniu em torno do nome do professor Hermes Silva Leão. A chapa de Hermes tem o apoio informal da CNB, corrente majoritária do PT ligada à Gleisi.

Do outro lado está o candidato Professor Paixão, candidato a vereador de Curitiba nas últimas eleições e que conta com o apoio das correntes ligadas à Mirian Gonçaves, vice-prefeita de Curitiba. O grupo, que se diz apartidário, tende a dar apoio velado à candidatura de Requião ao governo. Por fora corre a professora Marcia Farherr, ligada ao PSTU, mas que também tem apoio de petistas que compõem a sua chapa.

5 Comentários

  1. Professor interior Responder

    Tomara que os colegas não se esqueçam da greve vendida.

    Esse povo que já esteve no sindicato deve voltar para sala de aula e trabalhar de verdade

Comente