Uncategorized

Pesquisa Datafolha traz más notícias para Dilma, por Ricardo Noblat

129_1759-dilma - foto reuters

Do Noblat:

A se levar em conta a pesquisa Datafolha de intenção de votos para presidente da República divulgada há pouco no Jornal Nacional, frustrou-se a tentativa do PT de tornar Dilma uma vítima depois que ela foi vaiada e insultada pelos torcedores no jogo de abertura da Copa do Mundo. Foi também no jogo final.

De outra parte, frustrou-se esforço do governo e da própria Dilma de elevá-la à condição de gestora de primeira, capaz de comandar a realização bem-sucedida do que chamou de Copa das Copas. De fato foi a Copa das Copas, segundo a maioria dos estrangeiros que por aqui estiveram. Mas a quem creditar o êxito?

Acima de tudo ao distinto povo brasileiro que se mostrou alegre e receptivo.

Dilma oscilou dentro da margem de erro da pesquisa, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Tinha 38% na anterior, aplicada em junho. Caiu para 36%.

Aécio ficou com o que estava – 20%. E Eduardo perdeu um pontinho. De 9% para 8%. A pesquisa ouviu 5.377 eleitores esta semana.

Más notícias para Dilma: pela primeira vez, em simulação de segundo turno, ela e Aécio empataram tecnicamente. Ela com 44%, dois pontos a menos do que tinha na pesquisa anterior. Aécio com um ponto a mais – de 39% para 40%

O percentual dos que consideram o governo Dilma ótimo ou bom caiu de 35% para 32%. E subiu de 26% para 29% o percentual dos que apontam o governo como ruim ou péssimo.

Dilma é a campeã de rejeição: 35% garantem que não votarão nela de jeito nenhum. Contra 17% que garantem o mesmo em relação a Aécio e 12% em relação a Eduardo.

7 Comentários

  1. isaias maurrici Responder

    Será que o povo acordou ou vai permanecer em estado letárgico como fez até agora.Acorda eleitores para as estradas emburacadas,hospitais sem leitos,educação de quinto mundo,segurança zero,corrupção 1000% e outras coisas mais.

  2. justino bonifacio martins Responder

    Fábio, essa informação está truncada, mal interpretada porque mesmo assim Dilma venceria no primeiro turno. É ou não é?

  3. Ubirajara de Lima Responder

    Requião, a velha raposa que se diz político durão, não passa de um
    político enutíl e mentiroso e que se não bastasse agora é aliado MST.

  4. o amigo do povo Responder

    Não se iludam com pesquisas, até outubro tem muita água para rolar por debaixo da ponte. Só acredito na derrocada do pestismo depois da urnas fechadas.

Comente