Uncategorized

Dinheiro do PT na campanha do PMDB

Do Cícero Cattani:

A surpreendente volta de Michel Temer à presidência do PMDB teria um explicação pra lá de explosiva: os R$ 40 milhões que o PT seria destinado aos candidatos a governador atrelados à campanha de Dilma. A revelação – que não tem nada de espantosa, além de recorrente, vide o escândalo do mensalão – é do Lauro Jardim, do Radar/Veja: Michel Temer surpreendeu vários de seus pares – e até Dilma Rousseff – reassumindo a presidência do PMDB, de onde se licenciara quando assumiu a vice-presidência da República, em 2011. As explicações para o seu retorno foram tão convincentes como a seleção na Copa. Por que Temer voltou? Para não perder o comando do partido. Sem o seu conhecimento, o presidente interino Valdir Raupp e Renan Calheiros negociaram com Rui Falcão uma ajuda em torno de 40 milhões de reais que o PT repassaria para cinco senadores peemedebistas que, coligados ao PT, disputam eleições em outubro. Temer quer que esse tipo de negociação passe por ele. Sua intenção é dividir parte desse butim com os deputados do partido candidatos à reeleição.

1 Comentário

Comente