Uncategorized

“Nunca vi tanto dinheiro desviado”, afirma Janot

unnamed

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou ontem que o esquema de lavagem de dinheiro investigado pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal, envolve vários “destinos e destinatários” e teria movimentado uma quantia de recursos que ele nunca havia visto. “O que eu posso dizer é que é um esquema enorme de lavagem de dinheiro. E esse dinheiro era utilizado em mais de uma utilidade. Então, tem campanha, corrupção, enfim. São vários os destinatários e destinos dessas importâncias”, disse Janot. Questionado se o montante ultrapassaria as primeiras estimativas de desvios de R$ 10 bilhões, afirmou: “Está difícil fazer uma estimativa ainda, mas é muito dinheiro, nunca vi tanto dinheiro na minha vida”. As informações são da Agência Estado.

O procurador-geral afirmou que, assim que o processo estiver “maduro” para ser encaminhado à Justiça, revelará os nomes dos envolvidos. Na lista devem constar alguns congressistas. Janot informou ainda que já está de posse dos dados fornecidos pelo governo da Suíça, que pode ter informações referentes a movimentações bancárias do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa no país europeu. No mês passado, o Ministério Público da Suíça bloqueou US$ 23 milhões depositados em contas atribuídas ao ex-diretor da estatal.

2 Comentários

  1. -Vão investigar tudo, quanto foi sonegado e desviado, para onde foi, como fizeram, quem foram os principais protagonistas e coadjuvantes, mas como tudo no Brasil, vai acabar em uma grande e redonda pizza…neste País ninguém doo colarinho branco vai preso por corrupção….
    -Resta saber se o resultado das investigações saíram antes das eleições, quem sabe assim Dilma e “et caverna” deixam o GF!!!!

  2. Doutor Prolegômeno Responder

    Churchill se fosse vivo no Brasil de hoje diria: “nunca tantos roubaram tanto, por tanto tempo…”

Comente