Uncategorized

Campos diz que governo Dilma é “patrimonialista, fisiologista e atrasado”,

eduardo-campos-cni
O candidato à presidência Eduardo Campos (PSB) defendeu uma governança macroeconômica, longe da visão “patrimonialista, fisiologista e atrasada, que tem a cabeça na velha República”, durante a sabatina promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), na manhã desta quarta-feira (30).

Ainda sobre a “velha política”, afirmou: “o Brasil não aguenta mais quatro anos de Sarney, de Collor, de Renan”.

1 Comentário

Comente