Uncategorized

Golpe no legislativo

gilberto carvalho
Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência, tem circulado pelo Congresso Nacional, defendendo o decreto da Política Nacional de Participação Social e garantindo que não é um golpe contra o legislativo. Pouco tem adiantado: os parlamentares são contra, até aliados. Tarde dessas, encontrou o senador Pedro Simon, um dos maiores críticos do governo e pediu que o peemedebista (não concorrerá à reeleição no Senado) permaneça na cena política.

3 Comentários

  1. Alguém acredita na palavra de um petista? Foi assim que o Hugo Chaves iniciou sua ditadura na Venezuela.

  2. Do Interior.... Reply

    O PT sempre sonhou em perpetuar-se no poder. Por isso esse Gilbertinho há muito tempo, representa estes grupos sociais, os quais são mantidos e liderados por petistas. Assim, aprovarão somente os projetos apresentados por estes grupelhos (MST, MTST, CUT, etc).

    Tudo começa a fazer sentido: antigos guerrilheiros, com estratégia e populismo, estão levando o país onde querem: no rumo da Venezuela e, quiçá, Cuba que é o sonho de todo comunista (ter um país para servi-lo).

Comente