Uncategorized

TRE-PR confirma candidatura de Galdino

Professor-Galdino4

De Fernando Tupan, Bem Paraná:

Nas últimas semanas muito se tem falado do futuro político do vereador Professor Galdino (PSDB). Adversários políticos juravam que ele não conseguiria registro para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa do Paraná. Ontem Galdino conseguiu aquilo que os inimigos não queriam: o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) reconheceu a candidatura do tucano que está afastado das ruas devido a complicações decorrentes de um atropelamento que sofreu no dia 26 de julho nas esquinas das Marechais, no centro de Curitiba. O parlamentar é um dos favoritos para conquistar uma das 54 vagas do legislativo estadual.

6 Comentários

  1. Só um idiota pode votar neste cara. Porem se levarmos em conta o numero de idiotas ele tem chance…

  2. Parabéns ao professor Galdino pela luta diária contra os bandidos da política nativa! VAMOS de deputado estadual 45021

  3. Levando em conta o apelido de ”Risadinha” acho possível que o indivíduo vote no professor Galdino, porque só sendo um idiota para usar um apelido assim.

  4. Motoqueiro Infernal 666 Responder

    Sabe… aquela lanchonete lá do fundinho da foto? Lá está escrito o que penso sobre ele. Pessoas da minha família, já votaram nele. Ele não é mais professor há um bom tempo… deveria trajar-se como um homem público, comportar-se como um legislador. Infelizmente os anos estão passando e eu não vejo uma melhora substancial na política… confesso que as vezes, desanimo… tudo bem! Um dia, o voto obrigatório vai acabar e sentirei orgulho de ser curitibano, paranaense e brasileiro. Fabio é só um desabafo deste velho atleticano que lê suas publicações há uns dez anos, um abraço e feliz dia dos pais.

  5. MENSALEIRO JÚNIOR Responder

    Esse risadinha devia era chorar por ser tão imbecil,o Professor Galdino é um dos poucos políticos brasileiros em quem se pode confiar.

  6. Voto obrigatório não significa que você tenha de escolher um determinado candidato, mas sim comparecer para escolher alguém para lhe representar ou votar em branco, o voto facultativo deverá vir com amadurecimento da cidadania . o voto de cabresto ainda é uma realidade, nos bolsas e auxílios públicos em nosso pais. O legislativo e um espelho do eleitorado , e o Galdino e uma parte desse reflexo, e tem de ser respeitado por isso .

Comente