Uncategorized

As cavalgadas

De Luiz Geraldo Mazza, Folha de Londrina:

O ambiente pré-revolução francesa do Canguiri volta à toda força na campanha eleitoral resgatando o período em que lá morava o governador Requião e se divertia de quadriciclos ou em cavalgadas.

Aliás, o Canguiri tem estórias de humildade como a de José Richa que lá habitou e por vezes se via até sob risco de picadas de cobras, isso sem falar nas goteiras que atingiam o seu quarto. Mas tem também as de opulência como a passagem por lá, e como simples visitante, do general Mário Gomes, a quem se acusava de ter comido todos os perus da granja e, é claro, superando tudo isso, os tempos de Requião.

Quem levantou a acusação contra o senador, relativa ao período de governo, foi, como se dá com a maior parte das denúncias, um seu ex-aliado, no caso o ex-deputado e ex-prefeito de Apucarana José Domingos Scarpellini, um dos mais importantes encenadores do Ferreirinha e da vinda do Baiano da Foice ao teatro eleitoral, o da primeira vitória.

Na verdade essa questão não se refere só à figura do hoje senador postulante pela quarta vez ao governo: ela mostra a fragilidade das instituições, já que isso não chega no Tribunal de Contas e muito menos no Ministério Público e fica dependente de uma eleição para ser enfocado, é claro tardiamente. Há uma omissão sistêmica, uma leniência abrangente, que sustenta esses laços da cordialidade intrapoderes. Como o fato à época era considerado normal e não denunciável, tanto que a mídia a ele se referia como algo apropriado, só agora passa a ser visto como um possível ato de improbidade, já que os cavalos seriam dele, até ganhos de presente, mas a alfafa era pública, daí os cálculos que se fazem para ver de quanto seria o débito

2 Comentários

  1. Não chega a essas instituições porque quem tem olhos que podem ver, muitas vezes não querem enxergar. Muitos ilustríssimos membros de todas as instituições frequentavam amiúde a granja e viam tudo isso e muito mais, numa vida típica de um sultanato.

  2. Rodiney Carneiro Reply

    Upa,Upa,Upa cavalinho sem medo,leva pro Palácio o Sen. Requião !!!

Comente