Uncategorized

Requião ‘tresloucado’, tinge PMDB de sangue,
diz Doático Santos

doatico pmdb

Em carta postada em seu perfil no Facebook, o secretário-geral do PMDB de Curitiba, Doático Santos, chama o senador Roberto Requião (PMDB) de “tresloucado” e o acusa de “violação grotesca que nem a ditadura militar ousou realizar contra” o seu partido. “Não devo fidelidade à convenção comprada pela mala preta do pedágio. A vulnerabilidade desse Requião que não baixa e nem acaba, significa o enredo da derrota anunciada”, diz trecho da carta.

Leia-a, a seguir, na íntegra.

Requião tresloucado, tinge o PMDB de sangue

Doático Santos

Num ato patético realizado em frente a sede do diretório estadual do PMDB, o ex-governador deu a ordem aos bate-paus do pedágio para que arrombassem as portas e tomassem posse do partido.

Violação grotesca que nem a ditadura militar ousou realizar contra a nossa legenda. Sede do partido é um santuário da democracia. Quando rasgam o estatuto do PMDB para perpetrar uma ridícula dissolução, fazem verter sangue em nosso auditório nominado Ulysses Guimarães.

Tenho direito de divergir. Nosso partido consagra o direito de tendência e opiniões que marcam a discordância entre uma e outra posição. Julgar-se no direito, de tal como um tribunal de exceção, punir sem processo democrático, sem espaço para o direito de defesa, apresentação de prova e contra prova, é próprio do caudilhismo, transformado em entulho, que a política moderna varreu.

Tenho direito de divergir. Não devo fidelidade à convenção comprada pela mala preta do pedágio. A vulnerabilidade desse Requião que não baixa e nem acaba, significa o enredo da derrota anunciada. O PMDB do Paraná tem trabalhado na construção de um partido futurista.

Conchavos para usurpar o tempo destinado aos deputados estaduais e federais, no horário político, é algo para ser superado de forma contundente. Utilização do patrimônio partidário, a sede do diretório, para base de endividamento com gastos eleitorais, é da mesma forma abominável.

Não passarão.

Nesta segunda-feira (18), às 15:00h, estaremos na sede de nosso partido para um grande ATO DE SOLIDARIEDADE aos companheiros Orlando Pessuti e Osmar Serraglio. Dirigentes íntegros e com história brilhante de serviços prestados à nossa legenda. Eles são e continuam sendo, Presidente Osmar Serraglio e Secretário Geral Orlando Pessuti.

Curitiba, eleições de 2014

Doático Santos – Secretário Geral do PMDB de Curitiba, Membro do Diretório Estadual do PMDB do Paraná e Suplente da Comissão Executiva Estadual.

5 Comentários

  1. Paranaense_Cansado Responder

    Até quando aguentaremos este louco tentando governar nosso Estado ? Se acha acima da Lei. Não respeita ninguém e nada. Meu Deus, chega disto…já foram 12 anos…bravatas, mentiras…. CHEGA !!!!!!

  2. Paranaense_Cansado Responder

    Até quando aguentaremos este louco tentando governar nosso Estado ? Se acha acima da Lei. Não respeita ninguém e nada. Meu Deus, chega disto…já foram 12 anos…bravatas, mentiras…. CHEGA !!!!!!

  3. nossa não sabia que tem outro pregando ditadura no parana, tem o PT prega ditadura no brasil, agora vem o o candidato a governador pelo PMDB pregar ditadura no parana fora cara vai cuda do seus cavalos, e tomar vinho importado, que o vinho do renato adur vc não toma, FORA FORA FORA,

  4. AZUL E AMARELO Responder

    Como alguém ser tão apegado ao poder! Querer governar um estado pela 4° vez!! Tentar ganhar a qualquer custo! Chega de RR o Paraná já pagou muito caro pelas bravatas deste cidadão .

  5. Paranaense_Cansado Responder

    Não entendo como as pesquisas o colocam com tantos votos ? Que povo burro e sem memória.

Comente