Uncategorized

Inconformado

monkey_computer

Há marqueteiro na praça inconformado com o resultado das pesquisas. Queima tutano e neurônios diante dos números para tentar entender onde foi que errou. Esperava que seu suserano liderasse a disputa eleitoral nativa a esta altura dos acontecimentos. Não cansa de repetir “que absurdo”, coça a cabeça e se afoga em orações no cemitério municipal. “Oh, Céus, oh inferno”.

6 Comentários

  1. Vigilante do Portão Responder

    Enquanto isso, candidatos, desesperados, prometem:

    Água e Luz, com desconto;
    Acabar com impostos;
    Médicos para todos;
    Exames de todos os tipos, com rapidez;
    Aumento para os Professores;
    Policia em todas as esquinas;
    Estradas bem cuidadas.

  2. Fantástica, Fábio Campana.

    Como diria aquela propaganda: “Inocente. Sabe nada!”.

  3. Francês Maringá Responder

    Gostei dessa, mestre Campana.

    Dá até para colar aquela propaganda: “Inoceeente. Sabe nada!”.

  4. Aquele sonhado emprego naquela secretaria não vai rolar desta vez. Bons anos foram aqueles em que não precisava trabalhar e ganhava bem. E ganhava muito bem.

Comente