Uncategorized

Gilbertinho e a corrupção

2014080682470

“Enquanto houver financiamento empresarial de campanha e a campanha se tornar momento de muitos ganharem dinheiro e movimentar muito recurso, quero dizer que não há quem controle a corrupção enquanto houver esse sistema eleitoral. E isso é com todos os partidos, não há, infelizmente, nenhuma exceção.”

Do Ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria Geral da Presidência da República.

11 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    A ética do lulopetismo e seu filósofo explicador. Seria peripatético ou simplesmente patético?

  2. É o caso da Justiça ou da Promotoria eleitoral de convocá-lo a depor, já que sabe tanto a respeito do tema.
    Ou não?

  3. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    ESTE TAL DE GILBERTINHO PRECISA É CONTAR A VIDA DELE, QUEM É, O QUE ONDE NASCEU, ONDE ESTUDOU, QUAL A SUA FORMAÇÃO, ONDE TRABALHOU, TUDO. EU NÃO SEI QUEM É ELE. O PT TEM QUE CONTAR ONDE ARRUMOU ESTE QUE CHEGOU À MINISTRO DE ESTADO!

  4. Enquanto o PT tiver no poder com o PMDB de Renan Calheiros, Sarney, Collor de Mello e cia. Ltda. a corrupção vai a mil ou seja a bilhões, trilhões e tudo mais… E o Brasil aonde vai parar???

  5. Do Interior.... Responder

    O problema não é o financiamento ou a falta de constituinte. O problema é o PT e sua insanidade populista que está destruindo que foi tão difícil construir na era FHC.

    Fora PT!

  6. Parreiras Rodrigues Responder

    A gente, na Oposição, metia o pau no Golbery do Couto e Silva, mas reconhecia a sua inteligência…Já, do GC não se pode dizer o mesmo. Um atraso.

  7. As declarações do fofoqueiro pé vermelho são prova de que ele é surdo ou não tem espelho em casa, o cara não se enxerga. Mas ele está melhor na foto do que o seu colega de infortúnio, o Mantega, já foi avisado que não fica para o segundo tempo. O pé vermelho arruma facilmente um emprego lá em Aparecida.

  8. É um cara de pau. Alguém acha que financiamento público de campanhas eleitorais impediriam o saque nas estatais, como o que sofreram a Petrobras, Correios, etc. Gilbertinho, pede pra sair. Não me faça sentir a essa dolorosa vergonha alheia que sinto quando vejo suas estripulias…

  9. Cajucy Cajuman Responder

    Meu Caro Sylvio Sebastiani, homem firme, sério, historiador político competente, ético, memória viva da história política do Paraná disse bem. ** Gilbertinho – paro os íntimos – teria, sem dúvida, muito a informar aos brasileiros e aos paranaenses em particular, sobre a sua longeva carreira política, às vezes, para não dizer sempre, travestida de movimentos sociais e enfrentamentos que arrepia a democracia e o estado democrático de direito. ** Mas, seu histórico tinha que vir com o primor de detalhes no melhor estilo do maior biógrafo paranaense, quiçá brasileiro, professor Aroldo Murá. ** Sem deixar escapar um fio dessa rica meada, chuleada de muitas incoerências, de uma verborragia ultrapassada de uma decadente esquerda que a humanidade já não aceita mais. ** O ex-coroinha está em pecado com a sociedade decente, aquela que paga mais de um trilhão e trezentos bilhões de reais por ano de impostos e que é obrigada a ler, ouvir e assistir na televisão o que esse senhor diz. ** É uma pena, mas está faltando estadista no comando da República e personalidades de peso nos mais altos escalões para fazer desse um país melhor. ** Meu caro Sylvio, por essas e por outras que o Brasil – como diria meu velho pai – está crescendo igual rabo de burro: para trás e para baixo!/ Meu respeitoso abraço.

  10. Este é o verdadeiro “Aspone” (auxiliar de porra nenhuma) que continua
    navegando na maionese. Bem ao estilo Dilma. Não sabe o que fala e do
    que fala tambem. Pura babaquice !!!

Comente