Uncategorized

Casa de gremista de ato racista é incendiada em Porto Alegre

casa incendiada

Do Zero Hora:

Depois de ser ameaçada de morte e estupro pelo Whatsapp e ter a casa apedrejada, a gremista Patrícia Moreira da Silva, flagrada chamando o goleiro do Santos Aranha de macaco durante partida válida pela Copa do Brasil na Arena no final de agosto, teve a residência incendiada nesta sexta-feira. Por volta das 4h, o Corpo de Bombeiros foi acionado e controlou as chamas, que atingiram principalmente o assoalho.

Uma equipe da perícia foi até o Passo das Pedras, na Zona Norte, para apurar as causas do incidente. A movimentação de curiosos é intensa no bairro, com os veículos diminuindo a velocidade para observar o trabalho dos peritos.

Conforme o advogado Alexandre Rossato, Patrícia deixou a casa após o episódio de injúria racial e está morando com familiares. O imóvel será alugado. Rossato lamentou o novo ataque, que classificou como “absurdo”:

– Não temos ideia dos autores, mas o que está acontecendo é um absurdo. Estão tendo atos muito mais criminosos do que qualquer crime que ela tenha cometido.

Um dos irmãos da gremista vai registrar queixa na Polícia Civil na tarde de hoje, junto com o defensor da menina. Na sexta-feira, dia 5 de setembro, Patrícia falou publicamente pela primeira vez sobre a injúria racial. Muito emocionada, ela demonstrou arrependimento e pediu desculpas.

— Perdão de coração, eu não sou racista. Aquela palavra macaco não foi racismo, foi no calor do jogo. O Grêmio estava perdendo, o Grêmio é minha paixão. Eu largava tudo para ir ao jogo do Grêmio. Peço desculpas ao Grêmio, à nação tricolor, eu não queria prejudicar o Grêmio. Eu amo o Grêmio. Desculpas, perdão, perdão, perdão mesmo — disse ela, aos prantos.

No mesmo dia, Alexandro Rossato explicou que a jovem “perdeu todo o contexto da vida” e já foi julgada socialmente. Ele espera que o caso se transforme em um marco contra o racismo.

— A manifestação tem o objetivo de mostrar o arrependimento e o erro cometido. Vai ser claramente demonstrado que não há racismo da parte dela. Macaco, no contexto dentro do jogo de futebol, não se torna racista, ainda mais com a intenção que existiu. Isso se torna um xingamento no mundo do futebol — argumentou Alexandre Rossato.

— A Patrícia perdeu a vida dela. Esse caso vai ser um marco para efetivamente terminar com o racismo. Estaremos sendo hipócritas se punirmos tão somente a Patrícia por esse ato. Ela foi julgada socialmente, independente do inquérito policial. Infelizmente, ela já está julgada — completou o advogado.

13 Comentários

  1. O QUE É PIOR SER CHAMADO COMO FOI OU TER A CONCIENCIA PESADA EM VER A MENINA SER APEDREJADA , CASA QUEIMADA ETC… QUEM MERECE UMA PUNIÇÃO MAIOR ????

  2. Ela fotografa,como poderia ser qualquer outros presentes,só ela pagar tudo Grêmio deve construir uma nova casa para ela,além de racismo e selvageria!!

  3. Parabéns a todos os idiotas da midia que ficaram demonizando essa moça, como se ela tivesse matado alguém. Ela errou? Sim e merece a devida punição dentro da lei.
    Quando um pivete de m@rda é amarrado pelo pescoço em um poste pq estava roubando aparecem milhares pra defender e chamar de coitadinho, que não se deve fazer justiça com as próprias maos.
    Mas ela como mulher, branca, classe média não merece a mesma defesa né? Vamos apedrejar a casa dela e se possivel agredi-la tbm…
    Nunca vi um pais tão hipócrita e ridiculo q nem esse. Agora se acontecer algo pior com ela quem se responsabiliza?? O marmanjão do aranha q fez questão de fomentar todo esse circo????

  4. Que ridículo, não se acaba com o racismo pondo fogo na casa de gente que se diz racista, para isto é que existe a lei. A ignorância e a intolerância estão andando cada dias mais de mãos dadas.

  5. ISABELA, CALMA QUERIDA! DAQUI A POUCO O ARANHA (VÍTIMA), DO JEITO COMO ESCREVEU EM SUAS ÚLTIMAS LINHAS; É ELE QUEM DEVERÁ SER CONSIDERADO O ERRADO NO FINAL. O ARANHA FOI CHAMADA DE MACACO EM FRENTE A MILHÕES DE TELESPECTADORES E EM TODA MÍDIA, E COMO PESSOA PÚBLICA NADA MAIS JUSTO COMO PROCURAR O SEUS DIREITOS E PROTESTAR SIM, CONTRA O RACISMO NA MESMA MAGNITUDE NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO, ELE NAQUELE MOMENTO NEM VIU AQUELA MOÇA QUE ESTAVA NA ARQUIBANCADA, SE ALGUÉM EXAGEROU ESSE ALGUÉM FOI A MÍDIA E NÃO O ARANHA.

    COMEÇOU BEM , MAS TERMINOU MUITO MAL.

  6. Concordo com a Isabela e acrescento: a moça deve responder pelo crime de injúria e racismo, mas na justiça e de forma proporcional.

  7. esse aranha do santos e um idiota, queria eu ser negro com o dinheiro que ele ganha, ele quis fazer media, o verdadeiro racismo esta na distribuição de rendas, um idiota desse goleiro ganha milhoes, e nos operarios levantamos cedo para ganhar mizeros um salario de fome não minimo,,,,,,,, sou contra cotas para negros, sou a favor sim que prevaleça sempre o melhor independente de cor,,, muitos me chaman de polaco eu ate gosto,,,,, isso tambem e racismo,,,,,, vou proçessalos,, rsrs

  8. Num país em que tivemos como Presidentes iguais Lula e Dilma, o que esperar de seu povo? Os dois semianalfabetos não conseguiram dar um impulso na Educação e Cultura, fazendo com que pessoas iguais a eles cometam atos recriminados por todos nós. A jovem errou? ERROU SIM, mas nem por isso deve ser tomada medidas absurdas contra a mesma. Porque se partirmos desse princípio, o que seria de pais que matam filhos e de outras atrocidades cometidas, Pertencemos a um mundo que se diz civilizado, mas que de vez em quando volta à idade da pedra. Já passou a Lei de Talião : OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE. Precisamos e necessitamos ser mais humanos, praticando CIDADANIA.

  9. Voce ta certa Isabela, e tem mais, eu gostaria que esta mesma midia que quase acabou com a vida daquela menina tinha perguntar para o pilantra do aranha se ela e racista. Gostaria de ouvir a resposta dele.

  10. Este crime é muito mais absurdo do que o feito própria moça, além do que ela já se arrependeu e pediu em público perdão ao goleiro Aranha.
    Santa ignorância dos incendiários!!!

  11. O que ela fez foi o mesmo que muitas pessoas falam num campo de futebol, por exemplo: “juiz filho da p…” Alguém já foi processado? Agora incendiar a residência… Um erro não justifica outro. Quem fez isso é vândalo (s). Tem que ser processado, preso!!!!

Comente