Uncategorized

Richa vence no 1° turno com 59% dos votos, diz pesquisa em Londrina

beto richa londrina

O governador Beto Richa (PSDB) e o senador Aécio Neves (PSDB) são os preferidos dos londrinenses nas eleições de 5 de outubro. Conforme pesquisa do Instituto Multicultural/Rádio Paiquerê, divulgada pela Folha de Londrina, Beto Richa tem 59% e Roberto Requião (PMDB), segundo está 45 pontos atrás, com 14%; e Gleisi Hoffmann (PT) aparece em terceiro lugar com 6%. Bernardo Pilotto (PSol) tem 0,6% e Ogier Buchi (PRP) tem 0,3%. Entre os entrevistados, 7% votariam branco ou nulo e 15% não souberam responder. Os outros três candidatos – Geonísio Marinho (PRTB), Rodrigo Tomazini (PSTU) e Tulio Bandeira (PTC) – tiveram menos de 0,1%.

Na disputa nacional, Aécio aparece com 36%, seguido por Marina Silva (PSB), 24%, e por Dilma Rousseff (PT), que tem 17%. Entre os nanicos, Luciana Genro (Psol) e Rui Costa Pimenta (PCO) estão com 1%, cada. Pastor Everaldo (PSC) e Eduardo Jorge (PV) aparecem, cada um, com 0,6%, enquanto Mauro Iasi (PCB) e José Maria (PSTU) tem 0,3%, cada. Branco e nulo, 9,2%, e não sabe, 10%. Levy Fidélix (PRTB) e Eymael (PSDC) tem menos de 0,1%.

A pesquisa foi realizada nos dias 16 e 17 de setembro, com 602 entrevistas, margem de erro de 2% e intervalo de confiança de 95%. O registro no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Paraná é 00036/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é 00666/2014.

Nas entrevistas espontâneas, quando não são apresentados os nomes dos candidatos ao eleitor, os candidatos do PSDB também lideram. No Paraná, Beto tem 53%, Requião, 11%, Gleisi, 4%, e Pilotto, 1%. Branco e nulo, 6%, e não responderam, 24,5%. Na corrida pela presidência, Aécio mantém a frente com 28%, Marina tem 19% e Dilma, 12%. Branco e nulo, 9%, e não souberam, 29%. Os demais ficaram com menos de 1%.

A pesquisa também apurou que a maior rejeição entre os londrinenses na eleição presidencial é para a presidente Dilma, apontada por 49%. Marina é rejeitada por 12% dos entrevistados. A rejeição de Aécio está em 8% do eleitorado. Entre os candidatos ao governo estadual, o ex-governador Requião tem o maior índice de rejeição, com 30%. Gleisi, 12%, e Beto, 9%. Também é alto o índice dos eleitores que não tem rejeição entre os candidatos estaduais, 38%.

O candidato do PSDB ao Senado, Alvaro Dias, é o mais citado. Ele lidera a disputa com 59% das intenções, bem à frente do segundo lugar, Ricardo Gomyde (PCdoB), que tem 3,5%. Professor Piva (Psol), Marcelo Almeida (PMDB) e Adilson Senador da Família (PRTB) tem 1,5% cada um. Branco e nulo, 7,5%, e não souberam responder somam 25%.

12 Comentários

  1. Requião ainda tem votos em cidades pequenas. Nas grandes, com um nivel maior de politização, o calejado senador não fascina mais. Na última eleição para senador, Requião perdeu em quase todas as cidades médias e grandes. Até em Curitiba, sua origem política, ficou em quarto lugar, atrás de Fruet, Gleisi e Ricardo Barros. Requião consegue votos com a velha politica do assistencialismo, com leite de graça e tarifas baixas da Copel e Sanepar.

  2. sergio silvestre Responder

    O beto Richa tem votos nas cidades aliadas com a imprensa local que vai desde beneméritos da opus dei até os programas sai sangue policiais.
    É um martelamento dia e noite na cabeça do muar eleitor que sempre votou em tranqueiras como os belinatis.
    Todos de bridão,recolhem se aos seus currais para ouvir os conselhos dos mestres.
    Em cidades pequenas onde o luz fraterna e agua barata esse povo é grato ao Requião e vota em peso nele.

  3. Isso já era de se esperar, Beto Richa fez um excelente governo e agora o Paraná quer mais do mesmo. Daqui pra frente é só correr pro abraço!

  4. Veja meu nobre que comentou antes. Veja que admite que a velha politica esta ligada ao assistencialismo, mas é que estes velhos politicos querem ajudar o povo e nao com a conotação que vc coloca, e se o nobre Richa esta ganhando em londrina é só falar a verdade que ele é da cidade. E ganhar nos municípios menores vai levar primeiro a um segundo turno e depois a retirada de um governador que só visitou os municípos mas nao anotou as demandas dos mesmos. heheheheeee

  5. Parreiras Rodrigues Responder

    Londrina começa recuperar o título de cidade politizada. Na época de Dalton Paranaguá, Zé Richa, Hosken de Novaes e contemporâneos, era espelho de politização. O PT danou-a por uns tempos.

  6. isaias maurrici Responder

    Alguem aí em cima comentou que o Requião dá água barato e luz fraterna,me diga em qual estado você reside,pois no Paraná desde há muitos anos a água tem consumo mínimo tabelado se vc gasta ou não gasta 10 metros cúbicos paga paga a mesma taxa e a luz quem determina os preços das tarifas é a ANATEL,é só vê o aumento que veio em julho,por ordem de Brasilia. Inocente não sabe de nada.

  7. REQUIAO NUNCA MAIS …. LEITE DAS CRIANCAS,LUZ E AGUA TUDO MENTIRA, VOLTE PARA BRASILIA LA É SEU LUGAR … CHEGA DE CONVERSA FIADA … VAI FAZER TURISMO É SÓ O QUE O SR. GOSTA DE FAZER … BETO NO PRIMEIRO TURNO

  8. Parreiras Rodrigues Responder

    sergio silvestre (minúsculas mesmo, sergio e sem acento no e?) detona OS BELINATTIS. Generaliza, usa uma régua para medir todos os membros da família do Antonio, os candidatos.
    Antonio Carlos, o ex-estadual e suplente agora, é gente fina e decente prá dedéu. Wladmir, o médico – ex-federal, conduta inatacável.
    Diga o mesmo, sergio silvestre (minúsculas mesmo, sergio e sem acento no e?), do Zeca Dirceu, um bom rapaz – até prova contrária – medindo-a com a régua que mede o pai, o preposto do Chefe do Mensalão, o mais ilustre hóspede da Papuda.

  9. Baiano da Foice Responder

    Aqui em Londrina o truculento leva soco na cara dentro de hotel famoso, onde costuma se hospedar !

Comente