Uncategorized

Roteiro conhecido

Do Bem Paraná:

Não é só o senador Roberto Requião (PMDB) que demonstra na reta final da campanha uma indisfarçável irritação com os rumos da disputa. Gleisi Hoffmann (PT) também parece cada vez mais impaciente nas entrevistas. E nos últimos dias atacou os institutos de pesquisa, que a colocam em um distante terceiro lugar na corrida pelo Palácio Iguaçu. Repete o figurino de todo político: quando os números são favoráveis, dá-lhe explorá-los na propaganda. Quando a balança pende para outro lado, é porque elas não são confiáveis.

2 Comentários

  1. sergio silvestre Responder

    O Requião não tem do que reclamar.está com 30 a 34% dos votos com apenas um minuto de radio e tv e a campanha tende a ficar como briga de foice no escuro.
    Tem uma denuncia seria contra o governador,tem mais algum empecilho aqui e ali e tem aqueles que pensam e dicidem o voto na ultima hora.
    E cá entre nós,os que pensam vão votar para ter segundo turno,ai a casa cai.

Comente