Uncategorized

Alep suspende sessões
até dia 5 de outubro

alep - divulg

Do G1:

As sessões plenárias na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) serão suspensas a partir desta terça-feira (23) até o fim do primeiro turno das eleições.

Conforme a assessoria de imprensa, a suspensão até o dia 5 de outubro foi definida para que os candidatos possam dar prioridade às campanhas e também porque não há pautas “urgentes” para serem votadas.

Dos 54 de deputados, 46 tentam se reeleger e outros quatro são candidatos a deputado federal. Os demais não se candidataram nas eleições. A assessoria informou ainda que, mesmo sem o expediente no plenário, os salários dos deputados serão pagos integralmente, já que a função não se resume apenas dentro da Alep.

Na segunda-feira (22), houve uma sessão extraordinária para definir o novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). Por unanimidade, os cerca de 40 deputados presentes elegeram o auditor Ivens Linhares. Candidato único à vaga aberta com a aposentadoria de Caio Márcio Nogueira Soares, Linhares foi indicado pelo governador Beto Richa (PSDB), com base em lista tríplice elaborada pelo próprio tribunal, de acordo com a Alep.

O atual presidente do TCE-PR, Artagão de Mattos Leão, também participou da sessão especial, além de outros dois conselheiros – Durval Amaral e Fernando Guimarães – e servidores do tribunal.

3 Comentários

  1. Desde que minha avó nasceu sempre foi assim, querem mudar agora? Seria estranho se num regime democratico em que se escolhe os representantes pelo voto, em pré eleição exigissimos que ficassem na capital, enquanto a maioria tem a base no interior. Ao invés de cortar salário deve-se propor que as horas sejam compensadas. Porque a base do PT (os contras) não se manifestam? fiquem em seus escritórios na capital atendendo a população….

  2. Tá mais que certo enfim nossos valentes guerreiros não são de ferro e nada mais do que justos receberem seus míseros salários não é mesmo ? Fico a imaginar o coitado dos assalariados ou estou errado?

Comente