Uncategorized

‘Vim buscar com Beto Richa bons exemplos para o Brasil’, diz Aécio

aécio e beto

O governador Beto Richa (PSDB) e o senador Aécio Neves (PSDB) participaram na noite desta quinta-feira (25) de um grande encontro com moradores, prefeitos, vereadores e lideranças políticas e comunitárias da Região Metropolitana de Curitiba, em Pinhais. Aécio destacou que vai governar o Brasil ao lado dos paranaenses e que a aliança entre sua candidatura e a de Beto Richa representa uma política de solidariedade pelo futuro do Brasil.

“Beto está tendo um extraordinário desempenho na eleição e vai ganhar no primeiro turno”, disse Aécio. Ele também está confiante em seu desempenho na eleição para a presidência. “Vamos para o segundo turno e vou poder contar com o apoio integral de Beto”, afirmou Aécio, que pretende levar para todo o Brasil programas criados por Beto Richa, como o Família Paranaense, de redução da pobreza. “Vim buscar no Paraná exemplos de iniciativas para bem governar o Brasil e uma delas será o programa Família Brasileira, inspirado no trabalho da Fernanda Richa com o Família Paranaense.”

Aécio afirmou que vai acabar com a discriminação do governo federal contra o Paraná, que é o quinto Estado que mais contribui em receitas para a União, mas apenas o vigésimo terceiro a receber recursos federais. “Não vou apenas abrir as portas do governo, vou escancará-las para o Paraná, que foi vítima do atual governo do PT por questões mesquinhas e políticas”, afirmou Aécio

Esta é a terceira vez que Aécio vem ao Paraná durante a campanha. Ele já esteve com Beto Richa em Curitiba, no dia 2 de agosto, e em Cascavel, em 5 de setembro. “Precisamos de um presidente que não faça diferença entre os Estados, nem perseguições por questões políticas”, disse Beto. “Aécio Neves será este presidente e vai nos ajudar a construir um Paraná ainda melhor”, afirmou Beto.

8 Comentários

  1. Se Beto Richa é sinônimo de bom exemplo, então não quero nem pensar no que aconteceria se o Aécio tivesse vencido a eleição.

  2. Luiz Parussolo Responder

    Aécio Neves acabou com os professores de Minas e a educação pública. Até existe processo do Ministério Público e um levantamento do governo atual de milhões de reais desaparecidos na educação e na saúde. Se esse meninas dos do avô fosse eleito levariam embora o resto que ainda sobra. Denunciam ele de tudo em Minas e a grande imprensa vadia amoita por ser vagabunda também. Como em São Paulo, não existe corrupção só que o estado virou o caco velho e descampado tendo sido o maior centro produtor, comercial e de prestação de serviços. É um estado moribundo e triste, antigas cidades industriais só prédios velhos abandonados e municípios atolados em dívidas e infraestruturas esburaqueadas e remendadas; zona rural só cana, cana e pastagens despovoadas de gente e animais, semi abandonadas. Municípios comendo a própria gordura e um chupando o sangue do outro e os mais espertos fazendo depósitos. E assim vai. Nem parece que aqui até 1985 existiu um parque industrial competitivo com o mundo inteiro e foi o maior produtor de café, pecuária e frutigranjeiro entre outros. Virou desolação e estado de marreteiro e gente sem ambições e meia dúzia de capitalistas donos de tudo. Aliás, por castigo, os senhores de engenho nordestinos são donos de quase todas as destilarias de açúcar e álcool, só falta trazer o bode e o jegue de 1930 para cá.

  3. Fernando Henrique Responder

    Depois deste 30 de abril de 2015, dá para imaginar o tipo de exemplo que Aético pegaria com Beto Richa para espalhar pelo resto do país.

Comente