Uncategorized

Cadê a bala?

De Celso Nascimento, Gazeta do Povo:

Cadê a bala? 1

O dicionário Aurélio – famoso “pai dos burros” – define a palavra bravata como um substantivo feminino com três siginificados que se completam: 1. Ameaça feita de modo arrogante; 2. Dito ou atitude de fanfarrão; 3. Pretensa valentia. Pois bem, os que, ontem à noite, ficaram de olhos e ouvidos pregados no programa do PMDB do horário eleitoral da tevê, tiveram a ocasião de confirmar o “Aurélio”: não passava de fanfarronice a ameaça que o candidato Roberto Requião fizera de disparar uma “bala de prata” com poder para fulminar o adversário Richa.

Cadê a bala? 2

Coisas dantescas seriam reveladas, e de tal grau de imoralidade que se recomendava tirar os crianças da sala. E o que aconteceu? Nada, absolutamente nada. No lugar da suposta e terrível bala apareceu tão somente a figura angélica e simpática da candidata a vice, deputada Rasane Ferreira (PV), descrevendo as bondades que Requião dedica às mulheres, incluindo a própria mãe.

Cadê a bala? 3

Com medo-pânico da bomba que poderia estourar, o PSDB de Richa tomou uma precaução que se revelou inútil: pôs no ar uma solene advertência do ex-governador Orlando Pessuti pedindo aos eleitores para não votar em Requião, embora seja ele do mesmo partido, o PMDB. E avisou: o que sairia no próximo segmento do horário eleitoral, de responsabilidade de Requião, seria outra falsidade das tantas que ele já proferiu para prejudicar inimigos, dentre os quais citou a si próprio e outro ex-vice-governador, Mario Pereira.

Cadê a bala? 4

“Gastaram” o Pessuti? Terão de repetir sua fala no próximo programa? A “bala” virá no programa de quarta? Ou tudo não passava de mais uma bravata?

4 Comentários

  1. pedi aos meus netos que fossem pra cama no horario prometido do tiroteio, hoje me pediram se realmente tinha sido improprio o programa,falei; todos os programas do truculento comedor de mamona deveriam ser improprios para menores de 100 anos

  2. esse tal de Pessuti não dá uma dentro mesmo…aliás, só quando ele mesmo se beneficiou do poder das coisas do Requião!

  3. KKKKKKK. ELE É UM DOCE, MUITO BONZINHO… AMÁVEL…
    A VICE É INTELIGENTE, APELOU PELO LADO FAMILIAR… MAS NÃO COLA…

Comente