Uncategorized

Benesses para todos

prc

Um a um

O acordo de delação premiada de Paulo Roberto Costa prevê a concessão de benefícios penais também para os familiares do ex-diretor da Petrobras, só que com a celebração de contratos individuais. Ou seja: as duas filhas e os dois gênrros, acusados de movimentar parte dos recursos de Costa, também deverão fazer delações complementares. Mais: o ex-poderoso da estatal entregou mais de 60 pessoas e apresentou provas e indícios contra 37, dos quais 11 são senadores. O MP acredita que os depoimentos de Alberto Youssef fornecerão mais provas de outros tantos.

1 Comentário

Comente