Uncategorized

Acusado de homofobia, Levy Fidelix faz 7x mais votos do que em 2010

levy fidelix - debates

Levy Fidelix, presidenciável do PRTB que protagonizou polêmicas por causa da sua postura em relação ao casamento igualitário, alcançou neste ano uma votação bem mais representativa do que em 2010, quando também concorreu à presidência da República.

Em 2010, Levy teve pouco menos de 58 mil votos (0,06% do eleitorado brasileiro naquela época). Nas eleições deste ano, o candidato foi a escolha para presidente de aproximadamente 446 mil brasileiros (0,42% dos votos válidos).

6 Comentários

  1. Teria que fazer 1000 vezes mais para poder ter alguma chance.
    7 vezez zero = zero!

  2. sergio silvestre Responder

    Gozado,esse hominho parece piloto de churrasco gaucho e daqueles que promete.

  3. ja éra sabido que a sociedade tradicional ha muito se sentia acuada por uma minoria irresponsavel apoiada por uma mídia “pró” que não mede esforços para destruir a tradição e os bons costumes.implementando em nossos dias uma completa inversão de valores. o cenário estava pronto ao surgimento de um personagem contrário a tudo isso. e o aumento do apôio de 58 mil em 2010 para 446 mil agora.nesta eleição reflete a imensa demanda de “defensores” que a sociedade tradicional carece.

  4. O mais importante desta discussão, é que o Fidélix transmitiu a mensagem de que estamos num País democrático e que podemos livremente expressar nossa opinião contra ou a favor de determinada questão. Não estamos ainda, sob o regime de total censura. O que não podemos fazer é usar de VIOLÊNCIA de qualquer tipo ( física, psíquica, etc), para impor nossas opiniões, o que ele NÃO O FEZ. Uma minoria não pode ditar normas para a maioria. Esta Lei sobre o direito das minorias é um tanto polêmica. Sabemos que de todas as etnias que colonizaram o Brasil, além dos Negros, temos os Índios, os Italianos, os Alemães, os Japoneses, os Judeus, etc… Todos sofreram muito. Tanto fome, quanto maus tratos e discriminações. Imaginem se todas estas minorias requeressem quotas nas Universidades, nos Serviços Públicos, e tratamento diferenciado, etc… Seria então crime, chamar um alemão de “chucrutz” ou “comedor de salsicha”, é prejorativo ? Neste caso específico, do Fidélix, estão tentando enquadra-lo num crime de homofobia, QUE ELE NÃO COMETEU, ele simplesmente está defedendo a manutenção dos valores familiares, que sempre foi o principal pilar de qualquer sociedade, a qual alguns partidos estão tentando desvirtuar, com outros valores um tanto duvidosos. É o caso desta Luciana Genro, esta sim um zero à esquerda ! E do candidato do PV, que por ser do partido verde ( leia-se aqui, defensor da natureza ), deve preconizar os valores naturais também na união e procriação dos seres vivos, ou seja, macho e fêmea. O resto é só fumaça !

  5. Em tempo: a votação dele trata-se de progressão geométrica com razão 7, e não aritmética, isto é, multiplica-se pelo quociente 7x e não soma-se 7+. Portanto, 1ª eleição 58 mil votos, 2ª eleição 58 mil x 7, 68 = 446 mil, 3ª eleição 446 mil x 7 = 3.122.000 votos, e assim por diante. Vamos ver no futuro até onde ele vai. Pode vir a incomodar muita gente que apregoa a degradação dos valores morais da sociedade através dos meios de comunicação, como muitos partidos políticos e redes de televisão ( Globo, Record ), para tentar manterem-se no poder ou liderança.

Comente