Uncategorized

PRF confirma que recebeu ‘trote’ de acidente com Gleisi

gleisi - banda b

Da Banda B:

Uma ligação que chegou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de que a senadora Gleisi Hoffmann, do PT, tinha se envolvido em um acidente grave de carro na BR-116, em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, não passou de um trote. Informalmente, policiais rodoviários federais chegaram a confirmar o acidente à imprensa, o que depois foi negado.

No microblog twitter, o perfil oficial da PRF do Paraná confirmou que recebeu a ligação e foi até o local do acidente verificar. “Informamos que a PRF esteve no local e constatou que não se tratava de acidente com a Senadora. Portanto, a informação trata-se de ‘trote’”, diz a publicação na rede social.

Ainda de acordo com a PRF, nem sequer um acidente teria acontecido na região. No ‘trote’, o solicitante afirmou que a senadora tinha se envolvido em uma colisão e estava ferida, bem como assessores dela.

Assessoria pega de surpresa

Assim que a informação do suposto acidente chegou à Banda B, a reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da petista. Segundo a assessoria, a senadora está trabalhando normalmente em Brasília.

7 Comentários

  1. Parreiras Rodrigues Responder

    Vida longa, dona Gleisi e com saúde, prá ver o Brasil retornando à trilha do desenvolvimento, da paz entre as camadas sociais – o que vocês fomentavam para dividir e reinar sobre todas elas. O fim da maquiagem para acertar contas públicas. O fim das benesses para países ditatoriais. E o início de um quinquênio com um presidente que sabe se expressar, que não fala merda e que não usa a tribuna da ONU para encher a própria bola e propor conversa com degoladores de inocentes.

  2. Caro FÁBIO, com essa senhora, o melhor a fazer é deixá-la aonde está para ser esquecida o quanto antes, pois em 2.018 ela estará de volta, para disputar o pleito ao senado, porém esse esquecimento é para devolver-lhe o que patrocinou e deixou de encaminhar para o bom desenvolvimento estado do Paraná, quando atuava como ministra. Atenciosamente.

  3. Vigilante do Portão Responder

    Até na DERROTA, devemos saber reagir.

    Gleisi, vencida na eleição, não teve a humildade de dar entrevista, RECONHECER a derrota, parabenizar Beto Richa, colocar-se disponível, como SENADORA, para ajudar nosso Estado.

    Do mesmo modo, Requião, canalha, também não teve capacidade para reconhecer a derrota.

    Teriam dado exemplo de civilidade de hombridade e de humildade.

    É o mesmo caso da Marina, Vencida, deveria, de imediato, convocar as mídias e dar declaração, agradecer aos milhões de votantes, parabenizar Aécio e Dilma, desejar um pleito limpo no 2º Turno.

    Não precisava declarar apoio, nem sinalizar tendência.
    Uma pena,
    Esperava mais dela, até pela convicção religiosa.

  4. Sociedade Responde Responder

    Trote é coisa de gente calhorda, que não tem o que fazer. O importante é identificar a chamada e punir o responsável.

Comente