Uncategorized

Aécio e Dilma têm novo confronto na TV Record

Neste domingo (19), a partir das 22h, a Record realiza seu debate entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) com mediação dos jornalistas Adriana Araújo e Celso Freitas. O debate será transmitido simultaneamente pelo portal R7.com. E haverá reapresentação do programa, na íntegra, pela Record News, na segunda-feira (20), em dois horários: às 8h e às 18h.

O debate terá três blocos e, portanto, dois intervalos comerciais. No primeiro bloco haverá oito rodadas de confronto direto entre os candidatos. O formato será de pergunta de livre escolha, resposta, réplica e tréplica.O segundo bloco exibirá quatro rodadas de confronto direto. O formato será de pergunta de livre escolha, resposta, réplica e tréplica.O terceiro bloco terá mais duas rodadas de confronto direto e os candidatos farão as considerações finais.

A ordem do início do confronto direto foi definida por sorteio com a participação dos assessores do PT e PSDB. Dilma Rousseff inicia o primeiro, o terceiro bloco e as considerações finais. Aécio Neves abre o segundo bloco e encerra as considerações finais. O debate deverá ser encerrado aproximadamente à meia-noite.

7 Comentários

  1. É bom o Aécio ir de colete a prova de bala, pois a artilharia pesada do Lula vai entrar em cena neste encontro. Não acredito, mas também não descarto,a possibilidade da “presidenta” adotar as baixarias do ex-presidente (lembrem-se do que ele disse em BH?) e partir para a ignorância na confiança de que o tucano vai manter sua linha diplomática e educada. Mas também acho que o Aécio não vai perder a oportunidade e mais uma vez mostrar ao país a fragilidade de Dilma, “líder política” inventada pelo e-presidente.

  2. Será que vai usar o ponto? e a lista no caderninho dela
    para acusar, caluniar será que diminuiu ou aumentou?
    ouvir essa mulher falando tem que tomar uns chás de boldo

  3. Vigilante do Portão Responder

    No caso da “Greisi” é MENTIRA.

    No caso do Guerra, do PSDB, é tudo verdade.

    Vamos ver se a Dilma vai usar a informação do “UOL”, como no último debate.

  4. Fazer um debate nesse horário, no domingo é para não querer que o povo assista, ainda mais com primeira segunda-feira do horário de verão. Segundona já é braba e ainda horário de verão. Depois dizem que o povo não assiste aos programas e não se interessa pela política. Todo trabalhador vai dormir cedo, por que não fazer o debate no sábado, ou mais cedo no domingo?

  5. CARLOS AMARAL SIQUEIRA Responder

    cai quadrilheiro o brasil esta refén do PT a 12 anos vamos nos libertar agora queremos democracia.

Comente