Uncategorized

Youssef: doação
era propina

youssef - petrolao
Delator diz que empreiteiras repassaram dinheiro desviado da Petrobras para a campanha presidencial do PT em 2010 e simularam contribuições legais para ocultar a fraude.

Da Veja:

Antes de qualquer coisa, fique registrado que a presidente Dilma Rousseff dá como verdade o que Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, vem revelando à Justiça em seu processo de delação premiada. Também estejamos todos de acordo que a presidente aceita como verdadeiras as notícias publicadas pela imprensa sobre o escândalo do petrolão. Foi com base no que leu sobre um depoimento de Paulo Roberto Costa no UOL, o site noticioso da Folha de S.Paulo, que ela fez a seguinte afirmação diante de milhões de brasileiros que assistiam pelo SBT ao seu debate com Aécio Neves na semana passada:

“Candidato, há pouco saiu no UOL o seguinte: que o ex-diretor da Petrobras afirmou ao Ministério Público Federal que o ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra recebeu propina para esvaziar uma CPI da Petrobras… Por isso é que eu digo, candidato, quando a gente verifica que o PSDB recebeu propina… O que importa, candidato? Importa investigar”.

Agora, leiamos o que Aécio Neves afirmou no mesmo debate sobre o mesmo escândalo com base nas mesmas fontes que Dilma Rousseff usou:

“Por que o seu partido impediu que o senhor Vaccari (João Vaccari Neto, tesoureiro do PT) fosse à CPI depor? Ele é responsável por transferir recursos para a sua campanha… pelo menos 4 milhões de reais foram transferidos, com a assinatura do senhor Vaccari,… para sua conta de campanha. Vamos investigar logo”.

2 Comentários

  1. Se a Dilma afirma que o preposto dela deu dinheiro ao Psdb, ela assume toda a roubalheira na Petrobras. Ao contrário, deveria estar dizendo que não houve roubo lá… O Aécio tem que explorar a confissão dela!

Comente