Uncategorized

Confiança

Do Painel, Folha de S. Paulo:

Presidente do TSE quando a urna eletrônica foi estreada, em 1996, o ministro Marco Aurélio Mello diz acreditar no sistema. “Até aqui, confio plenamente. Se surgir prova de fraude, darei a mão à palmatória”, afirma.

Desconfiança
O ministro ressalva que não vê problema no pedido de auditoria feito pelo PSDB. “Não dá para se entender que não cabe contestação em absoluto. Nada é infalível nesse mundo”.

8 Comentários

  1. A derrota eh sempre muito difícil! A empáfia dos tucanos eh inacreditável porque tinham certeza que o Aécio iria vencer. Foi duro, mas eh verdade, não contavam com o golpe dado por Minas Gerais, estado que conhece muito bem o seu tucano! A vida eh assim, enquanto uns ganham, outros perdem…vamos combinar que três milhões de votos não eh tão pouco e que para uma fraude ser feita em pouquissimos minutos haja competência…além de que se os últimos votos a serem contados fossem no sul vah lah, mas não eram…Então querer ganhar no tapetao eh muito feio…O PSDB perdeu e ponto. O resto eh resto…

  2. O problema não são as urnas.
    É a fraude às 18:58 minutos , com uma possível troca de algumas urnas .
    Motivo: Horário gravado no twitter do Greenhalgh alertando a vitória quando a indicação era Aécio na frente e a supervisão negada por Toffoli no horário citado.
    O CLAMOR É POR ELEIÇÕES LIMPAS E COMO O PT É SUJO CARECE SIM UMA REVISÃO

  3. vERDADE você idolatra mentirosos, há provas cabais de que essas urnas são violáveis e o que temos de verdade é um judiciário cooPTante à essa coisa chamada de governo lulaptista dilmes, a sociedade está contrária à sua manutenção e basta isso em uma democracia, 70% da população não aceita esse status quo.

  4. Eu que não sou filiado, atualmente, a qualquer partido político posso afirmar com convicção de quem perdeu não foram os tucanos, mas sim todo o povo brasileiro. Vamos ver mais casos e corrupção a todo instante, quem sabe um dia o povo e o eleitorado possa discernir e avaliar tal desgraça que suga o erário público.

  5. Sempre defendi a idéia de q a urna eletrônica deve emitir um extrato, confirmando os votos. Este extrato seria depositado em uma urna lacrada, q serviria de prova em caso de dúvida. Um dos vários exemplos q comprovam a vulnerabilidade das UE, foi dada pelo delegado da Interpol, em entra vista nessa semana, por ocasião da prisão do hacker q de Londres chantageava mulheres no BR. Disse o Delegado: “recomendo q n deixem nada arquivado em sites de internet, pois td q envolve a internet é passível de invasão” , portanto, n precisa dizer mais nada…..

  6. Eu imaginava,que a Dilma,estive.se melhor que seu desempenho. Nos números da apuração,vi,que somente venceu com a bolça Familia,a um custo de 18 bilhões,isto elege Ate ummosquito dengue como presidente, A nossa revolta depois,de tanta mentira desta senhora,que colocou o 0 Pais como muito prospero,Somos 90″por cento do PIP Nacional,nao vamos ter clima de continuar ,neste clima.Ela nos debates,foi terrivelmente agressiva,devidindo o Brasil, em dois,ou a favor ou contra ela,continuamos contra ela.

  7. Sergio Silvestre Responder

    Foi só 3.5 milhões de votos por que no nordeste a abstenção chegou a 30% e no sul 11% senão seria uma lavada.
    Outra coisa,os imbecis estão querendo dar outro golpe?Tentaram modificar a opinião dos eleitores adiantando a revista VEJA em dois dias e foi distribuida nos metros e centros urbanos de graça.
    Soltaram pesquisa fraudulenta para bagunçar as eleições.
    Ora se foi constatado irregularidades nas eleições como sempre foi obra dos golpistas da midia e os tucanos sujos como sempre.
    Se lembram da bolinha de papél?Esse golpe destas eleções foram até mais criativos

Comente