Uncategorized

Briga em jogo do Londrina termina em prisão de goleiro

Foto: Roberto Custodio / Agência Gazeta do Povo
foto londrina e brasil de pelotas - estadao conteudo - robertto custodio

Do Zero Hora:

O Brasil-Pel arrancou um empate em 2 a 2 com o Londrina, na noite deste sábado, no Estádio do Café, e garantiu a classificação para a decisão da Série D do Brasileirão. Porém, sua inédita final na competição ficou marcada por cenas lamentáveis de uma briga generalizada, que culminou na prisão do goleiro xavante Eduardo Martini.

A confusão teve início aos 24 minutos do segundo tempo, quando Diogo Roque e Silvio já tinham feito o Londrina igualar o marcador, após Nena abrir uma vantagem de 2 a 0 para os pelotenses.

O técnico do Brasil, Rogério Zimmermann, se dirigia ao vestiário quando se desentendeu com torcedores do clube paranaense. Os ânimos, que já estavam acirrados desde o primeiro tempo, quando os jogadores do LEC questionavam a cera adversária, e partiram para cima dos jogadores no intervalo.

Jogadores e integrantes da comissão técnica de ambos os times iniciaram uma verdadeira batalha campal. Um massagista do Brasil de Pelotas estava munido de um pedaço de ferro da armação de um gol — inicialmente, tinha sido relatado por uma rádio local como um espeto de churrasco.

O goleiro Eduardo Martini aproveitou que o preparador de goleiros do Londrina, Chimbica, estava caído e lhe deu um chute. Além de ser expulso, o camisa 1 saiu do estádio preso.

O funcionário do Tubarão foi atendido no gramado e levado para um hospital, onde passará a noite em observação. Também foram detidos o massagista do clube e o zagueiro Fernando Cardozo.

Após 26 minutos de paralisação, a partida foi reiniciada. O Brasil ainda teve a chance de vencer, mas Nena cobrou um pênalti nas mãos do goleiro Vitor. Mesmo com o empate em 2 a 2, a equipe xavante garantiu sua vaga e esperará o vencedor de Tombense e Confiança.

Como venceu o primeiro jogo por 1 a 0, o clube mineiro terá a vantagem do empate no duelo do Presidente Médici.

*LANCEPRESS.

O vídeo com imagens da confusão pode ser conferido aqui.

1 Comentário

  1. Como medida de justiça , tem que interditar o estádio e mandar jogar fora de Londrina por uns 10 jogos, foi assim com outros times

Comente