Uncategorized

“Diálogo ou novas imposturas?”, Leia o artigo de FHC

SAO PAULO/SP 05/09/2006 - 16:00 H - FHC / ENTREVISTA - VARIEDADES JT - Entrevista com ex Presidente da Republica, Fernando Henrique Cardoso em seu escritorio no Instituto.

Diálogo ou novas imposturas?
De Fernando Henrique Cardoso

Em uma democracia não cabe às oposições, como ao povo em geral, senão aceitar o resultado das urnas. Mas nem por isso devemos calar sobre o como se conseguiu vencer, nem sobre o por que se perdeu.

Os resultados eleitorais mostram que a aprovação ao atual governo apenas roçou um pouco acima da metade dos votos. Ainda que a vitória se desse por 80% ou 90% deles, embora o respeito à decisão devesse ser idêntico ao que se tem hoje com a escassa maioria obtida pelo lulopetismo, nem por isso os críticos deveriam calar-se.

É bom retomar logo a ofensiva na agenda e nos debates políticos. Para começar, não se pode aceitar passivamente que a “desconstrução” do adversário, a propaganda negativa à custa de calúnias e deturpações de fatos, seja instrumento da luta democrática.

Foi o que aconteceu, primeiro com Marina Silva, em seguida com Aécio Neves. O vale-tudo na política não é compatível com a legitimidade democrática do voto.

Marina, de lutadora popular e mulher de visão e princípios, foi transformada em porta-bandeira do capital financeiro, o que não é somente falso, mas inescrupuloso. Aécio, que milita há 30 anos na política, governou Minas duas vezes com excelente aprovação popular, presidiu a Câmara e é senador, foi reduzido a playboy, farrista contumaz e “candidato dos ricos”.

Até eu, que nem candidato era, fui sistematicamente atacado pelo PT, como se tivesse “quebrado” o Brasil três vezes (quando, como ministro da Fazenda, ajudei o país a sair da moratória), como se tivesse deixado a Presidência com a economia corroída pela inflação (como se não fôssemos eu e minha equipe os autores do Plano Real, que a reduziu de 900% ao ano para um dígito), como se os 12% de inflação em 2002 fossem responsabilidade de meu governo (quando se deveram ao temor de eventuais desmandos de Lula e do PT).

Não me refiro à língua solta de Lula, que diz o que quer quando lhe convém, mas ao fato de a própria presidenta e sua campanha terem endossado que o PSDB arruinou o Banco do Brasil e a Caixa, quando os repôs em sadias condições de funcionamento.

E assim por diante, num rosário de mentiras e distorções, insinuando terem sido postos embaixo do tapete vários “escândalos”, como o “da Pasta Rosa” ou o “do Sivam”, ou “da compra de votos” da minha reeleição etc., factoides construídos com matéria falsa, levantada pelo PT, submetida a CPIs, investigações várias e julgamentos que deram em nada por falta de veracidade nas acusações.

Mas isso não é o mais grave. Mais grave ainda é ver a reeleita colocando-se como campeã da moralidade pública. Entretanto, não respondeu à pergunta de Aécio Neves sobre se era ou não solidária com seus companheiros que estão presos na Papuda.

Calou ainda diante da afirmação feita no processo sobre o Petrolão de que o tesoureiro do PT, senhor Vaccari, era quem recolhia propinas para seu partido. Havendo suspeitas, vá lá que não se condene antes do julgamento, mas até prova do contrário deve-se afastar o indiciado, como fez Itamar Franco com um ministro, e eu fiz com auxiliares, inocentados depois no caso Sivam. Então por que manter o tesoureiro do PT no Conselho de Itaipu?

Pior. A propaganda incentivada pela liderança maior do PT inventou uma batalha dos “pobres contra os ricos”. Eu não sabia que metade do eleitorado brasileiro, que votou em Aécio, é composta por ricos… É difícil acreditar na boa-fé do argumento quando se sabe que 70% dos eleitores do candidato do PSDB, segundo o Datafolha, compunham-se de pessoas que ganham até três salários mínimos.

A propaganda falaciosa, no caso, não está defendendo uma classe da exploração de outra, mas enganando uma parte do eleitorado em benefício dos seus autores. Isso não é política de esquerda nem de direita, é má-fé política para a manutenção do poder a qualquer custo. Igual embuste foi a insinuação de que a oposição é “contra os nordestinos”, como se não houvesse nordestinos líderes do PSDB, assim como eleitores do partido no Nordeste.

Também houve erros da oposição. Quem está na oposição precisa bradar suas razões e persistir na convicção, apontar os defeitos do adversário até que o eleitorado aceite sua visão. Para isso precisa organizar-se melhor e enraizar-se nos movimentos da sociedade. Felizmente, desta vez, Aécio Neves foi firme na defesa de seus pontos de vista e, sem perder a compostura, retrucou os adversários à altura, firmando-se como um verdadeiro líder.

Diante do apelo ao diálogo da candidata eleita, devemos responder com desconfiança: primeiro, mostre que não será leniente com a corrupção. Deixe que os mais poderosos e próximos (ministros, aliados ou grandes líderes) respondam pelas acusações.

Que se os julgue, antes de condenar, mas que não se obstruam os procedimentos investigatórios e legais (Lula tentou postergar a decisão do STF sobre o mensalão o quanto pôde). Que primeiro a reeleita se comprometa com o tipo de reforma política que deseja e esclareça melhor o sentido da “consulta popular” a que se refere (plebiscito ou referendo?).

Que se debata, sim, na sociedade civil e no Congresso, mas que se explicite o que ela entende por reforma política. Do mesmo modo, que tome as medidas econômicas para vermos em que rumo irá o seu governo.

Só se pode confiar em quem demonstra com fatos a sinceridade de seus propósitos. Depois de uma campanha de infâmias, fica difícil crer que o diálogo proposto não seja manipulação. Só o tempo poderá restabelecer a confiança, se houver mudança real de comportamento. A confiança é como um vaso de cristal, uma pequena rachadura danifica a peça inteira.

16 Comentários

  1. FHC, TENHAMOS SIMPATIAS OU NÃO, TEM CLAREZA E OBJETIVIDADE DE ANÁLISE DIANTE DA SITUAÇÃO POLÍTICA QUE SE APRESENTA. É PELO FATO DE ELE TER ESSES ATRIBUTOS QUE O LULA NÃO CONSEGUE ESCONDER E MORRE DE INVEJA DO FHC. ALIAS, O LULA NUNCA ESCREVERIA, POR QUE NÃO SABE ESCREVER, OU FARIA UMA ANÁLISE TÃO CLARA DIANTE DE UMA TAL SITUAÇÃO. DIGO MAIS, ATÉ OS TEXTOS QUE OS SEUS AUXILIARES ESCREVEM PARA ELE ASSINAR SÃO CHULOS!!!!!!!!

  2. O ex Presidente FHC em tod razão. A Presidente Dilma é falsa , autoritária e ditadora pois já quer intervir no Poder Legislativo, barrando a candidatura do deputado federal Eduardo Cunha para a Presidência, algo inaceitável pela população e quero crer pela Câmara Federal, que não ira se subjugar ao Executivo. O Legislativo tem que provar ao povo brasileiro que e INDEPENDENTE e não uma apêndice ou cordão umbellical do Executivo. Parabéns FHC por nos dizer aquilo que necessitava ser dito na CAMPANHA ELEITORAL. O Pt e Dilma ganharam as eleições, dividindo o País e explorando os pobres e miseráveis que ainda existem na ILHA DA FANTASIA.

  3. O povo brasileiro e o eleitorado que votou em Dilma chorarão LÁGRIMAS DE SANGUE, quando do aumento da gasolina, que causará um efeito cascata, subirão oo valor dos transportes, as passagens de ônibus, os alimentos de primeira necessidade e assim por diante, vai ser impossível manter os prelos atuais de todo e qualquer produto.. Começará uma chideira de Norte a Sul sobre esse assunto, sendo que o Governo (pior para nós) não saberá resolvê-lo – POIS É ELE E FOI ELE QUEM NOS VAI DEIXAR NESSA SITUAÇÃO CATASTRÓFICA.

  4. Eu já tenho alguns anos de experiência em eleições,participei de inúmeras.Os meus candidatos,no decorrer de minha vida,alguns venceram,outros perderam e assim a vida continua.Na ultima eleição,para Presidente,foi onde pior que vi.Ao invés de oposição, atacar o governo,o governo atacou tempo todo a oposição,crioumum clima no pais insuportável.Passado as eleições,eu nunca vi,tanta revolta,de pessoas,principalmente os jovens,que anteriormente nao se manifestaram, estao revoltados,acho que o clima criado,pelomPT,esta insuportável,DILMA,naomteram clima para administrar nada,devera deixar o governo noprimeiro ano.

  5. Realmente…o Lula e a PTzada em geral devem estar morrendo de inveja do FHC porque ele sabe escrever! A única coisa que ele não sabe fazer eh ganhar eleição! Kkkkk

  6. Parabéns FHC. Lúcido como sempre. Esperar alguma coisa da dilma? Esqueça. Pau que nasce torto até a fumaça sobe torta. Uma idosa, mentirosa, que na juventude, ajudou a matar brasileiros que defendiam a pátria dos que, como vendilhões tentavam dar nossa liberdade aos assassinos castro. Mas vamos assistir de camarote, a vovó petralha, receber uma herança maldita, daquela que foi a mais incompetente dos presidentes da república.

  7. Parabéns Artur! não se vota pela simpatia mas sim pela competência e isto FHC demonstrou como ministro do governo Itamar,criou o plano real quando a inflação era 916% ao ano e baixou para 12% ao ano. Devemos a ele a estabilidade de nossa moeda.Criou a lei de responsabilidade fiscal e se não fosse isto o PT já teria quebrado de vez o Brasil.No término de seu segundo mandato num gesto de seriedade e imparcialidade não fez campanha para o seu sucessor em respeito ao dinheiro público e a vontade popular,entregando a faixa ao Lula com dignidade e respeito, pois sempre foi um homem culto e muito bem representou nosso país.

  8. Para o VERDADE

    Este kkkkkk, é riso nervoso?????? É a comprovação que os tolos votam no PT???????

  9. VERDADE,pelo jeito que você comentou,penso que você é mais um beneficiário do Bolsa Esmola do PT,lembre-se que quem foi derrotado não foi a oposição mas sim os trabalhadores que pagam impostos para sustentar os que votaram na tua candidataANTA.

  10. Nossa, como tem gente que acha ele um AMORE. Acorda povo, esse cara é 171 intelectual.

  11. Tem lulista que vem dando palpites neste blog, mas ele precisa estudar melhor a história econômica do Brasil antes de escrever as besteiras acima.
    Também, dá para entender, já são 12 anos que estão emburrando a população !

  12. fiscal de realeza Responder

    JA FALEI ESTA NA HORA DO FHC PARAR DE FALAR BOBAGEM E SE PREPARAR PARA ENFRENTAR O LULA EM 2018 E AI SIM VERAS QUEM TEM MAIS PRESTIGIO E APOIO DOS BRASILEIROS

    SE ATRACA AI VEINHO

  13. ESTES INSANOS PETISTAS QUE CONSIDERAM O FALSO SOCIALISMO INSTALADO NESTE PAIS E NO RESTO DA AMERICA LATINA O MELHOR DO MUNDO, E FICAM CONTRA OS EUA E O RESTO DO MUNDO DESENVOLVIDO, COMO TAMBÉM CONSIDEROU CLARAMENTE EM PRONUNCIAMENTO O presidente da Venezuela Nicolas Maduro, QUE PAREM DE UTILIZAR SEU IPHONES, TV A CABO, COMPUTADORES E QUALQUER TECNOLOGIA QUE SEJAM PROVENIENTES DESTES PAÍSES.
    MAS QUE SE ESTENDA ISSO A ÁREA DE SAÚDE TAMBÉM, QUE NÃO SE VALHAM DE ESTUDOS DOS CIENTISTAS E EQUIPAMENTOS IMPORTADOS DESTE PAÍSES, PARA SALVAREM SUAS VIDAS E DE SEUS FAMILIARES. FIQUEM RESTRITOS A ESTE MUNDO SUJO CORRUPTO MEDÍOCRE QUE TORNOU ESTE PAIS CEGO. VAMOS AO RUMO DE MAIS 40 ANOS DE ATRASO.

  14. Nunca houve um Brasil tão bom como quando o FHC era presidente. Crise não houve. Suspeita de corrupção, nenhuma. Aliás, a inexistencia de denúncia de corrupção ou de favorecimentos é a grande marca registrada do PSDB! Só um político será capaz de igualar ou superar a os governos tucanos: Jair Bolsonaro! Ficaria melhor se no futuro houvesse uma composição entre os bons e honestos do Brasil: Bolsonaro+Serra. Chapa imbatível. Talvez Bolsonaro e Aécio também dê liga. Acorda Brasil!

  15. Doutor Prolegômeno Responder

    FHC tem duas faltas graves em sua biografia: ter inventado a reeleição, que permite esta sucessão de desgovernos lulopetistas; e ter perdido a oportunidade de apoiar o impeachment de Lula em 2005, quando do auge do mensalão, impedindo a continuidade da pestilência lulopetista, que corrói as estranhas do Brasil.

Comente