Uncategorized

Eis o empresário que entregou R$ 1 milhão para Gleisi do desvio da Petrobras

mi

O jornal Folha de S. Paulo, na edição desta quinta-feira, 6, revelou que o empresário Michel Gelhorn (foto), dono do shopping Total de Curitiba, foi o intermediário na entrega de R$ 1 milhão para Gleisi Hoffmann (PT) utilizar na sua campanha ao Senado em 2010. O uso do dinheiro não está na prestação de contas da campanha da petista. Segundo o jornal, o doleiro Alberto Youssef disse em depoimento ao Ministério Público Federal que deu R$ 1 milhão à campanha que elegeu Gleisi ao Senado.

Segundo o doleiro, o montante foi entregue em quatro parcelas, em espécie, a Michel Gelhorn. Três das parcelas foram entregues no próprio shopping, de acordo com Youssef. O depoimento do doleiro foi prestado aos procuradores que atuam na Operação Lava Jato, no acordo de delação premiada que ele fez.

O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa já havia citado em sua delação que a campanha de Gleisi recebera R$ 1 milhão. Costa confirmou que uma anotação que havia num de seus cadernos apreendidos pela Polícia Federal (“P.B., 0.1”) era uma referência cifrada a essa doação.

Ainda de acordo com Costa, P.B era Paulo Bernardo, marido de Gleisi. Em 2010, quando foi feita a anotação pelo ex-diretor da Petrobras, Paulo Bernardo era o ministro do Planejamento do governo Lula. Em 2011, com a posse de Dilma Rousseff, assumiu a pasta das Comunicações.

Para ter uma pena menor, Youssef assinou um acordo de delação no qual se compromete a revelar o que sabe sobre o esquema de suborno da Petrobras.

O doleiro corria o risco de ser condenado a mais de cem anos de prisão. Ele é acusado de comandar um esquema de lavagem de dinheiro que teria movimentado R$ 10 bilhões, com desvios na estatal e ramificações em partidos como PP, PT e PMDB.

A senadora Gleisi Hoffmann diz em nota que as contas de sua campanha foram aprovadas pela Justiça eleitoral sem qualquer ressalva. Ela disse que não conhece o doleiro nem o ex-diretor da Petrobras. Segundo a senadora, seus advogados estão estudando o que fazer no caso já que ela não teve acesso aos depoimentos prestados após o acordo de delação.

Paulo Bernardo negou ter pedido qualquer contribuição ilícita a Costa. Ele disse conhecer o dono do shopping, mas negou que a campanha de sua mulher tenha recebido recursos ilegais.

A Folha de S. Paulo não conseguiu localizar o empresário.

26 Comentários

  1. O BRASIL , OS BRASILEIROS LUTARAM PARA MUDAR ESSA VERGONHA QUE ESTA NO BRASIL, ESSES ROUBOS ETC, NÃO CONSEGUIRÃO , GRAÇAS A MINAS NORDESTE NORTE E RIO DE JANEIRO, AGORA SO RESTA LE ESSAS INFORMAÇÕES QUE VERGONHA O NOSSO BRASIL,,, OBRIGADO AÉCIO DE VOCÊ CONTINUAR DEFENDER NOSSO BRASIL…. DESSES LADRÕES

  2. Doutor Prolegômeno Responder

    Quando a cachorrada entrar no mato para espantar os pássaros, vai voar tanto pássaro que será um festival de tiro ao alvo, na caça às aves. A temporada de “cassa” vai começar.

  3. Duvido que esse dinheiro foi usado para campanha……….. daqui a pouco ele aparece na forma de pagamento de alguma “consultoria” realizada, é só esperar pra ver.

  4. Por isso nossa Senadora é conhecida pela alcunha de BARBIE, ela adora um SHOPING $$$$$$$$$$$$$$$$ 1.000.000 $$$$$$$$$$$$$$$$$$$.

  5. Quando o Andre Vargas saiu com o avião do Youssef o PT exigiu a renuncia.

    O PT vai pedir para Gleisi renunciar?

  6. Tem que devolver o dinheiro para os cofres públicos, com juros e correção, além de renunciar.

  7. Oh, Greisi, não acredito!!! Como tu foi pêga, meu?!!!! R$ vivo, pô!! Não podia ser doletas?!! Sacumé, menos volume!

  8. É simples !
    Eu mesmo nunca mais frequentarei este shopping…
    Enquanto não se boicotar os corruptos e corruptores, nada vai mudar!

  9. Observador Atento Responder

    Ainda tema cara de pau de dizer que as contas foram aprovadas pela justica eleitoral, sem ressalvas! não brinque com a inteligência dos paranaenses senadora! Como voce iria declarar um dinheiro ilícito? responda!

  10. Sergio Silvestre Responder

    A gente não ve um nome de JOSÉ da Silva por exemplo que mete a mão,é só sobrenomes de gringos,muitos oriundos do oriente médio.

  11. francisco eugenio canesin Responder

    Tudo já estava esclarecido e mesmo assim o povo acreditou neste PT, fazer o quê, só o tempo dirá.

  12. Tiburcio Gabiru Responder

    E o Ezequias Moreira, devolveu algum centavo? Por que foi criada uma secretaria pra ele um dia antes de ser julgado?

  13. Patricia fatah Responder

    Por que aparece a foto do Beto Richa quando postado no face? Seria interessante consertar.

  14. sargento tainha Responder

    Alem de loira,…. mesmo é burrinha!
    Podia pegar em “verdinhas”,…. menos peso na Borsinha- Lui Viton. Que o \Paulao”Bernardao”carregou!
    Blog do Téo- o terrivel!
    E ainda é conselheira de Itaipu! Da conselhos de como desviar de “postes de Luz”. Gaiveski que o diga! FU- I ! A-Do-Rei!

  15. Renato Britto Barros Responder

    Michel Gelhorn ?
    Esse é o dono do shopping TOTAL.
    Na campanha de 2012 para prefeito ele fez vários encontros pro GUSTAVO FRUET também.
    Será que tem ????????????$$$$$$$$$$

  16. O cerco se fecha em torno do PT. O que os caras tentaram jogar para
    debaixo do tapete e continuaram afirmando que não sabiam de nada
    desde o bendito mensalão demonstra que a roubalheira é muito maior
    do que imaginamos. Se nós não conseguimos tirar este governo maldito
    pela eleição democrática devemos manter a artilharia contra estes safados
    durante os quatro anos que seguem. É uma vergonha !!!

  17. Tem que dar impeachment da presidenta, cassar todos os envolvidos, cadeia e devolução do dinheiro aos cofres públicos.

  18. Se fosse para agir como se fazia em cuba, “paredão” neles, iria faltar muro e munição para livrar o país desta cambada de ladrões.

  19. O INCRÉDULA,EM UM PAÍS DESGOVERNADO POR CORRU=PT=OS,AS ÚNICAS COISAS QUE VOLTAM SÃO,CÓLERA,LEPRA,TIFO,SARAMPO,DOENÇAS QUE FORAM ERRADICADAS QUANDO TÍNHAMOS GOVERNO.

  20. Vamos fazer uma varredura nas clínicas de plásticas, é bem provável que em uma delas encontremos o nome da BARBYE.

  21. No mínimo por respeito ao cidadão eleitor deveria se afastar do cargo até tudo estar devidamente esclarecido, estou errado?

Comente