Uncategorized

Cobrança de Mercadante antecipou saída de Marta de ministério

Do Painel, Folha de S. Paulo:

Marta Suplicy reassume hoje o mandato no Senado. A aliados, a ex-ministra da Cultura disse que aguardaria só a publicação de sua exoneração no Diário Oficial para retomar a cadeira. Nessas conversas, Marta atribuiu a saída antecipada a Aloizio Mercadante (Casa Civil), que mandou assessores cobrarem dos ministros as cartas de demissão. Como a sua já estava escrita e tinha sido, inclusive, levada nos dois encontros com Dilma Rousseff, Marta não viu por que adiar mais a decisão.

Avareza
Nas conversas com amigos, Marta também atribuiu a Mercadante as dificuldades de execução de programas de sua pasta. Disse que o desafeto engavetava projetos e não liberava os recursos necessários.

3 Comentários

  1. A ex-ministra agora posa de vítima, mas ela sabe que o ministério dela nunca foi de nada, por isto nenhum partido luta com unhas e dentes por ele. É uma espécie de premio de consolação, nem cheira nem fede, é só mais um daqueles ministérios faz-de-conta, parecer bonito no Exterior. A ingratidão é uma coisa horrível, mas esta mulher agora vai poder ter quantos chiliques quiser no meio daquela velharada que compõe o Senado, uma verdadeira Casa de Múmias.

  2. Ela está se preparando para ser candidata à prefeitura de S. Paulo, e para o Lula voltar. Vai sobrar para o Haddad e para a Dilma.

Comente