Uncategorized

Justiça acata ação contra Requião, IBPQ e Loures

mezzadri

Em decisão publicada nesta semana, o juiz Guilherme de Paula Rezende, da 4ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, acolheu a ação anulatória proposta pelo Fórum Nacional do Transporte contra o senador Roberto Requião (PMDB), Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Paraná (IBQP) e Rodrigo Costa da Rocha Loures, entre outros, acusados pelo fórum de desviar R$ 23,7 milhões dos cofres públicos.

A ação busca a anulação do contrato firmado pelo DER-PR e a Tecpar em 2005, termo de parceria firmado apenas uma semana após a celebração do contrato entre a Tecpar e o IBQP e mais os três termos aditivos. O instituto fora contratado para fiscalizar as rodovias pedagiadas e os serviços custaram de R$ 23.729.413,60. A ação propõe a devolução do dinheiro corrigido que deve ultrapassar a R$ 50 milhões. Segundo o fórum, os contratos foram feitos sem licitação e questionados pelo Tribunal de Contas do Estado.

“O fórum busca além da aplicação de improbidade administrativa dos gestores públicos, ainda a devolução dos valores indevidamente recebidos pelo IBQP, bem como a responsabilização do então governador Roberto Requião, quem autorizou toda a contratação, e ainda dos diretores do DER, Tecpar”, disse o coordenador Acir Mezzadri. O juiz determinou a citação dos réus e vista ao Ministério Público.

6 Comentários

  1. -Outra ação que não resultará em absolutamente em nada, zero!!!
    -Ainda mais em se tratando do senador Roberto Requião, que no presente momento, tem foro privilegiado…
    -Quanto aos demais, sobrará apenas multas a serem pagas ou serviço comunitário, quando muito…
    -Ao dinheiro gasto, debita-se na conta dos contribuintes paranaenses, toda a incompetência e rebeldia jurídica da Maria Louca…mais uma vez o povo paga por aquilo que não utilizou….

  2. AGORA O GARDENAL PIRA,8 MILHÕES DA BRONCA DOS CAVALOS E AGORA MAIS ESSA FALCATRUA DE 50 MILHÕES,VAI BATER PINO,COLAR PLACA É MANICÔMIO NA CERTA.

  3. Sergio Silvestre Responder

    Quando voce não tem a justiça a seu lado é um fora-da-lei,já os amigos que tomam wisque junto em clubes ou mesa de poker estes estão dentro-da -lei.
    Isso sim se fosse para fechar eu toparia.

  4. Me zoado foi Aspone de Requião Responder

    Esse Mezzadri foi Aspone do Requião no CAD da Copel e nem tinha diploma de curso superior para assumir a função e o Requião ao ser questionado, com a educação peculiar, disse que se alguém questionasse sobre o diploma de curso superior ele disse que iria enfiar o canudo do diploma no ramo de quem perguntasse. Coisas de Aspones.

Comente