Uncategorized

CNJ arquiva investigação contra Clayton Camargo

A ministra Nancy Andrighi, corregedora nacional de Justiça, determinou o “arquivamento sumário” do pedido de providências sobre suposto tráfico de influência do desembargador Clayton Camargo na eleição de seu filho, Fabio Camargo, como conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná. O caso tramitava no Conselho Nacional de Justiça.

“Diante da ausência de elementos aptos a viabilizar a compreensão das alegações deduzidas pelo requerente, não é possível a apreciação deste pedido de providências”, entendeu a ministra. Em bom português, as acusações eram tão descabidas que não havia sequer o que investigar.

2 Comentários

  1. Èra tudo uma armação, notícias plantadas na imprensa com um objetivo, atacar a honra de um desembargador, mas por traz de tudo, lógico, alguma vendeta estava em curso Eta!!!!! Brasil

  2. Fizeram toda aquele carnaval por causa que era a família Camargo. Demorou. Mas a Justiça veio a tona.

Comente