Uncategorized

Justiça nega habeas corpus para empreiteiros da Lava-Jato

maria_de_fatima

Do El País – A desembargadora Maria de Fátima Freitas Labarrère (foto), da quarta região do Tribunal Regional Federal, negou habeas corpus para 11 executivos que tiveram a prisão decretada na Operação Lava-Jato da Polícia Federal. Ela afirmou não haver “constrangimento ilegal” na decisão do juiz Sérgio Moro, da Justiça Federal do Paraná, que determinou a detenção dos representantes de algumas das maiores empreiteiras do país.

No fim da tarde deste sábado, a desembargadora negou o pedido de seis presos que haviam recorrido aos TRF-4. José Aldemário Pinheiro Filho, presidente da OAS, Mateus Coutinho de Sá Oliveira, diretor da OAS, Alexandre Portela Barbosa, advogado da OAS, Gerson de Mello Almada, vice-presidente da Engevix, Carlos Eduardo Strauch Albero, diretor da Engevix, e Newton Prado Júnior, também diretor da Engevix.

Mais cedo, ela indeferiu três pedidos feitos por cinco réus. O vice-presidente da OAS, Agenor Franklin Magalhães Medeiros, e um funcionário da empreiteira, José Ricardo Noegueira Breghirolli, estão presos em Curitiba. O presidente da Camargo Corrêa, Dalton dos Santos Avancini, o presidente do conselho de Administração da empresa, João Ricardo Auler e o vice-presidente Eduardo Hemelino Leite se entregaram. No caso de Leite, a defesa pedia a conversão da prisão em domiciliar alegando problemas de saúde.

Para a desembargadora, a prisão deles é necessária “por conveniência da instrução criminal”. Ela relata trecho da decisão de Moro em que o juiz acusa a empreiteira de utilizar documentos falsos ao apresentarem contratos com empresas de fachada do doleiro Alberto Youssef como comprovante de prestação de serviços.

“Não se verifica a ocorrência de constrangimento ilegal, razão pela qual indefiro o pedido de liminar”, afirma a desembargadora em um dos despachos.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/desembargadora-do-trf-nega-todos-os-pedidos-de-habeas-corpus-para-empreiteiros-da-lava-jato-14572513#ixzz3JEwfyenR
© 1996 – 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

7 Comentários

  1. justino bonifacio martins Responder

    Esses canalhas, vagabundos não merecem habeas corpus. Por que? Porque quem oferece e dá propina é pior de quem as recebe. Esses ” ladrões” do dinheiro público há muito enricam com os proventos que faltam ao povão. Tá de confiscar os bens desses aproveitadores, não achas camarada Fábio?

  2. MENSALEIRO JÚNIOR Responder

    PARABÉNS A DESEMBARGADORA,É COM PESSOAS DESSE PORTE QUE O BRASIL PRECISA CONTAR PARA SAIR DESSE MAR DE LAMA QUE ESTÁ MERGULHADO,ESSA DESEMBARGADORA DEVERIA ESTAR NO STF.

  3. e quando os corruptos e corruptores irão para a cadeia??? acredito que pelo nivel de trama criada eles deveriam residir em Penitenciarias federais como Catanduvas, Campo Grande, Porto Velho.Nada da Papuda lá a coisa foi literalmente um hotel para o povo do PT

  4. TANTO A POLÍCIA FEDERAL QUANTO A JUSTIÇA FEDERAL ESTÃO LAVANDO A ALMA DO POVO QUE PAGA RELIGIOSAMENTE IMPOSTO DE RENDA CUJA ALÍQUOTA É EXORBITANTE: 27,5%.
    ACHO QUE A RECEITA FEDERAL TAMBÉM DEVE EXERCER A SUA FUNÇÃO NESSA EMPREITADA, POIS CERTAMENTE A SONEGAÇÃO FISCAL É ALTA NESSE EPISÓDIO.
    PARABENS A ESSAS INSITUIÇÕES PÚBLICAS, RESPRESENTADAS PELAS AUTORIDADES QUE NÃO SE CURVAM AO CAPITAL, COMO OCORREU COM OS REPRESENTANTES POLÍTICOS.
    PASMEM, ESTÃO PASSANDO O BRASIL A LIMPO. QUE DEUS OS MANTENHAM SEMPRE FORTES E CORAJOSOS.

  5. E quando é que o grande chefa dessa quadrilha vai em cana,isso aí não é de hoje,a corrupa nessa empresa começou lá atrás em 2004,tudo a mando do chefão da quadrilha,o pior é que esse lixo,esse marginal vai voltar em 2018 com a ajuda dos idiotas.

Comente