Uncategorized

TSE avalia criação de mais 21 partidos, entre eles Pirata e Imperial

partidos criação

Enquanto o Congresso Nacional discute a cláusula de barreira e fim das coligações proporcionais nas eleições, a fim de reduzir o número de partidos no Brasil, o Tribunal Superior Eleitoral contabiliza neste momento pedidos de criação de mais 21 legendas. As informações são da Coluna Esplanada.

Entre elas, a Ação Libertadora Nacional, o Partido Pirata do Brasil, Partido da Construção Imperial, Libertários, dos Servidores Públicos e Trabalhadores da Iniciativa Privada e o Partido da Organização da Vanguarda Operacional (Povo). E uma nova Arena.

As novas legendas buscam as assinaturas, por determinação do tribunal, e já têm o registro em cartório de Estados.

Segue em análise já a conhecida Rede, de Marina Silva, que retomou a coleta nacional de assinaturas complementares para se validar. E o Partido Liberal Brasileiro, um novo PL.

Os ministros do Tribunal debruçam-se sobre os dados no momento em que o Congresso Nacional e entidades civis organizadas debatem a validade desse modelo : pesam sobre as pequenas legendas a suspeita de que são formadas para negociações nada republicanas para coligações nas eleições com os grandes partidos.

A lista completa dos protocolados no TSE:

Ação Libertadora Nacional (ALN)
Aliança Renovadora Nacional (Arena)
Libertários (Liber)
Partido Cristão (PC)
Partido da Construção Imperial (PCI)
Partido da Defesa Social (PDS)
Partido da Mulher Brasileira (PMB)
Partido Novo (Novo)
Partido da Real Democracia (PRD)
Partido de Representação da Vontade Popular (PRVP)
Partido dos Servidores Públicos e dos Trabalhadores da Iniciativa Privada do Brasil (PSPB)
Partido Federalista (FE)
Partido Liberal Brasileiro (PLB)
Partido Militar Brasileiro (PMB)
Partido Ordem e Progresso (POP)
Partido Pirata do Brasil (Piratas)
Partido Popular de Liberdade de Expressão Afro-Brasileira (PPLE)
Partido da Organização da Vanguarda Operacional (POVO)
Real Democracia Parlamentar (RDP)
Rede Sustentabilidade (Rede)
Partido da Ordem, da Democracia e da Ética (Pode)

9 Comentários

  1. Que que é isso minha gente? Tem partido para tudo quanto é gosto, desde de partido com tendências revolucionárias até golpistas e alguns até de exclusividade brasileira se passar pelo clivo do TSE, o dos Piratas.Só se for composto pelos produtores da rua 25 de maio e da Cidade de Leste no Paraguai, só mesmo no Brasil para se dar espaço a gente que não tem o que fazer e saem montando partidos. Mas como é moda eu vou montar um O PBL – PARTIDO DO BAR DO LEONARDO.lá é tudo gente boa e olha que na sexta o debate é filosófico,se discute o sexo dos anjos até sobre a vida do corno do vizinho…ahahahahaha….eita BRASIL.

  2. Caro FÁBIO, na democracia a livre expressão, livre manifestação, livre agremiação e organização é a suprema condição da sociedade. Portanto entendo que todos, não só podem como devem ser inscritos e poderem compartilhar da lei existente. Por outro lado entendo que os partidos deveriam ser criados de baixo para cima. No primeiro momento partido a nível municipal e com o crescimento eleitoral nas eleições, passaria ter atuação estadual, e passaria por último, partido a nível nacional. Desse modo os partidos podem atuar a nível municipal e com o tempo ganham credibilidade, consolidação e liderança, sem envolvimento com as lideranças nacionais, para se venderem a qualquer preço, como ocorre hoje com o partidos da base do governo. Defendo a liberdade de imprensa e liberdade de opinião. Apoio a proposta de ” o sul é o meu país”, e proponho o IMPEACHMENT JÁ da DILMA, antes da posse, para evitar mais vergonhas ao país. Livre Iniciativa. Atenciosamente.

  3. BOA TARDE CAMPANA!

    É pouco! A Itália com população três vezes inferior ao Brasil tem mais de 120 (cento e vinte) partidos organizados e reconhecidos oficialmente.
    Para coibir as famigeradas e notórias negociatas não há necessidade de novos mecanismos, basta aplicar a legislação vigente! MAS…

  4. Ainda bem que o tempo corre a meu favor, vou ter tempo suficiente para também lançar o meu Partido, tenho até programa pronto, agora só falta um nome bombástico, quem tiver um é favor me mandar, agradeço de coração. Depois envio a ficha de filiação, assim fica bom pra você?

  5. Não se compara a formação de novos partidos do exterior com os do
    Brasil. Aqui a intenção é de roubar mesmo.

Comente