Uncategorized

Mais uma empreiteira no escândalo da Petrobras

Se até agora a Andrade Gutierrez não formava no bloco das empreiteiras cujos presidentes e diretores foram presos pela Polícia Federal, Fernando Baiano, que já avisou que fará delação premiada, segundo Alberto Youssef, fazia a ponte entre construtora e a Petrobras. Os executivos Julio Camargo e Augusto Ribeiro, da Toyo Setal, em suas delações, informaram ter pago R$ 154 milhões para operadores do PT e do PMDB (Baiano seria o elo de ligação com peemedebistas). Ele quer segurança até na prisão: teme ser assassinado.

2 Comentários

  1. ENTÃO REQUIAO PAI , VOCÊ TAMBEM ESTA ENVOLVIDO DIZ GAZETA DO POVO, ISSO QUE VOCE PUXA SACO DA DILMA.

Comente