Uncategorized

Dilma agora frita ministros antes de nomeá-los

unnamed
Josias de Souza

Dilma Rousseff tornou-se uma mandatária sui generis. Tem dois ministros da Fazenda e não tem nenhum. Guido Mantega foi demitido em setembro. E permanece no cargo como um ministro cenográfico. Joaquim Levy foi convidado nesta sexta-feira (21). Mas seu nome não foi anunciado formalmente. A presidente já tinha avisado que, reeleita, seria a mudança de si mesma. Mas ninguém suspeitou que tentaria compensar a carência de miolos na área econômica com o excesso de cabeças.

Lula aconselhara Dilma a apressar a escalação do seu time econômico, para disputar com o petrolão o espaço nas manchetes. A pupila deu ouvidos ao patrono. Mas conduziu o processo à sua maneira. Inovadora, levou o novo titular da Fazenda à frigideira antes mesmo de nomeá-lo. Maquiavel não teria feito melhor. Nunca nenhum presidente fizera o mal tão bem.

Para a Fazenda, Dilma chamou o preferido de Lula: Luiz Carlos Trabuco, presidente do Bradesco. Que refugou o convite. Além de deixar boquiabertos Armínio Fraga e Neca Setúbal, a presidenta informou para Joaquim Levy, hoje também um executivo do Bradesco, que ele não era sua primeira opção. O mercado festejou mesmo assim. A Bolsa chegou a subir cinco pontos.

Na pasta do Planejamento, Dilma decidiu acomodar Nelson Barbosa, que sonhava com a Fazenda. No Banco Central, manteve Alexandre Tombini, que também vinha sendo estimulado a acalentar a perspectiva de virar o novo Mantega. Consumada a escalação, armou-se no Planalto o palco para o anúncio. A imprensa mobilizou-se.

Súbito, Dilma mandou dizer que decidira adiar a formalização de suas escolhas. Por quê? Sabe Deus! Talvez queira dar ao PT, crítico feroz do pensamento médio de Joaquim Levy, a oportunidade de bombardeá-lo por uma semana.

Ficou entendido que, antes de tomar uma decisão tão importante quanto a escolha da equipe que vai gerir a herança perversa deixada pela velha Dilma, a nova Dilma pensa duas vezes, analisa todas as possibilidades, consulta o Lula… Uma vez tomadas as decisões, faz o contrário. Ou faz aquilo mesmo que decidiu. Pouco importa. Tudo é ocasional. Certo mesmo só o novo gosto da presidente. Ela agora prefere ministros bem tostadinhos.

8 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    O ministro já começa fraco e desmoralizado. A tempestade se avizinha e se arma no horizonte. O Brasil vai de mal a pior. Lula – pelo menos – era completamente ignorante em economia, mas, reconhecia isso e não metia o bedelho no assunto. Já madama presidenta se julga um prêmio Pobrel em economia e dá seus pitacos e suas receitas de bolo fracassadas, que murcham qualquer país.

  2. Caro FÁBIO, a insegurança da presidente DILMA VAGALUME, na indicação de um nome HONESTO, COMPETENTE para ministro da fazenda, é sinal característico da falta de competência da chefe de governo. Como está no fim do mandato, para ela o futuro é incerto. Defendo a liberdade de opinião, liberdade de imprensa e liberdade de investigação. Proponho o IMPEACHMENT JÁ da DILMA, antes da posse, para evitar mais constrangimentos. Atenciosamente.

  3. Antonio Moreira Responder

    PARA ALGUMA COISA SERVIU A COMPRA MILIONÁRIA DE PANELAS E TIGELAS QUE FEZ RECENTEMENTE: COLOCAR OS MINISTROS PRONTINHOS, JÁ FRITOS SOBRE A MESA… ENQUANTO ISSO A ECONOMIA DO PAÍS É A ÚLTIMA COLOCADA…. ESSA É A EFICIÊNCIA DO GOVERNO PETISTA BRASILEIRO… UMA VERGONHA NACIONAL…

  4. Estas panelas milionárias,servem somente,para frita-lá a própria.Eita governo incompetente e e de grande malandragens!!

  5. Vou repetir mais uma vez, assim ninguém pode alegar que não avisei, a companheira sofre de Síndrome de Estocolmo, ela adora fazer as pessoas sofrerem. Ela ficou tão traumatizada com as torturas sofridas quando guerrilheira, que não consegue viver sem a ideia de não torturar alguém. Daí se entende este comportamento um tanto errático dela, diz uma coisa e faz outra totalmente contrária.

  6. Como o PT e seus aliados não tem nomes com conhecimento necessário para Ministro da Fazenda, ela – que tanto recriminou um banqueiro – convidou o Trabuco (este negou fogo) e agora vai convidar o Levy da equipe do PSDB ou do Aécio. Cara Presidente nunca cuspa para o alto que a cusparada voltará para a sua cara (de pau). E o Lula é o Primeiro Ministro, pois ela não tem vida própria, só faz o que ele manda, é a criatura travestida de marionete.

  7. Velha calhorda.
    Conivente com as roubalheiras que assolam o pais.
    Chega. Impeachment de Dilmão já e CADEIA para o chefe da quadrilha Lula da Silva, é o que os brasileiros de bem, que tem vergonha na cara, esperam das autoridades.

  8. A Dilma Yussef (do jeito que está é assim mesmo, Youssef) é de fritar bolinhos na geladeira para abasterecer a bodega do Luiz Inácio Cachaceiro da Silva.

Comente