Uncategorized

Brasil real

Sem ilusões, minha gente. O Brasil real é o mesmo de sempre. Olha esta para saber do que estou a falar: impedido de concorrer para o governo de Roraima devido a uma série de condenações, o ex-governador Neudo Campos (PP), indicou sua mulher, Suely Campos para a disputa, ela venceu e ele será o chefe da Casa Civil. Em primeira instancia, as condenações de Neudo somam mais de 50 anos. No Supremo, é réu em seis ações penais e 14 inquéritos criminais. Em Roraima, responde a outras seis ações penais na Justiça Federal.

12 Comentários

  1. Enquanto isso no Paraná de sempre, calote no terço de férias dos servidores públicos! chora professorada, chorem comerciantes do litoral que já esperavam uns cascalhinhos a mais da turma que ia molhar os pés em Matinhos em janeiro…

  2. Os idiotas que elegeram a mulher dele e por tabela ele, que vai de fato governar igualam-se aos eleitores da Dilma Youssef. Mais cedo ou mais tarde vão se arrepender, mas aí o estrago já foi feito.

  3. Este cidadão pelo visto é um marginal de gravata. Certamente quando da campanha da esposa ele condicionou sua indicação. Mas onde fica a Justíça daquele estado que deveria exigir ficha limpa para quem quer ocupar um cargo público, mesmo que comissionado, a exemplo do que acontece aqui no Paraná? Se ele não pode ser votado também não pode trabalhar em órgão público. Ou será que pode?

  4. No governo do Paraná também temos fichas sujas nomeados. E muito bem nomeados diga-se de passagem!

  5. Sergio Silvestre Responder

    Me desculpem mais a culpa disso tudo é a justiça brasileira que não prende ladrões politicos.
    Ora se esse delinquente tem 50 anos para cumprir por que não está numa penitenciaria,e não vem me dizer que é brecha na lei e outras mazelas,é falta de trabalhar destes magistrados que só querem receber o contra cheque gordo no fim do mes.

Comente