Uncategorized

Bolaños, criador de Chaves e Chapolin,
morre aos 85 anos

chaves - chapolin - C

O ator mexicano Roberto Bolaños, criador de Chaves e Chapolin, morreu hoje aos 85 anos em sua casa em Cancún, no México. Nos últimos meses, o ator vinha enfrentando problemas respiratórios e dificuldades de locomoção. Decidiu isolar-se com a família em Cancún em busca de sossego e ar puro. A causa da morte ainda não foi divulgada.

Sua identificação com o Brasil ficou registrada na última postagem que o ator publicou na internet: “Todo mi amor, para Brasil”, disse Bolaños ao responder uma internauta, há dois dias, no twitter.

8 Comentários

  1. É isso mesmo Tavares.Mas não 1000 e sim 1.000.000 de vezes. Renato Aragão produz humor fétido, preconceituoso, discriminatório, tudo que faz malicioso e o que diz tem duplo sentido, que nada ajuda as crianças brasileiras.

  2. COM UM HUMOR SIMPLES E NÃO APELATIVO,POR QUESTÃO DE ÉPOCA E PAÍS,MAS ELE CATIVAVA AS PESSOAS,BOTAVA E BOTA MUITO HUMORISTA “FAMOSO” DO BRASIL E DO MUNDO NO BOLSO.

  3. Para mim ele é imortal, pois suas séries apresentadas nos canais de TV, serão as lembranças que terei dele e do seu madruga que também já se foi.. É um humor inocente, dócil e despretensioso, para todas as idades.

Comente