Uncategorized

Pessuti aguarda Justiça para retomar direção do PMDB do Paraná

unnamed

Em reunião com a sua turma, o ex-governador Orlando Pessuti falou da sua convicção de que no julgamento marcado para a próxima semana, o recurso contra o “golpe requianista”, terá provimento e os legítimos dirigentes do PMDB do Paraná serão reempossados na Comissão Executiva Estadual.

Durante o processo eleitoral o candidato derrotado Roberto Requião, numa reunião de quermesse destituiu, ‘sic’, o presidente Osmar Serraglio, o secretário geral Orlando Pessuti e ainda os membros da Executiva Estadual Alexandre Curi, Stephanes Junior e Doático Santos.

Em processo que será julgado nesta terça-feira (02), às 13:30h, pela 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná, o grupo liderado por Serraglio e Pessuti, espera decisão favorável para retomar imediatamente a direção peemedebista no estado.

2 Comentários

  1. justino bonifacio martins Responder

    Se a direção nacional do PMDB tiver um mínimo de ética tem todas as provas para expulsar Pessutti: o vídeo onde ele aparece apoiando Beto contra o seu partido que tinha candidato. Que moral tem esse senhor para querer dirigir a Comissão Executiva do PMDB?

  2. -O Pançuti quer mesmo é ficar em evidência e ganhando mais alguns “trocados”….coitado!!!
    -Já não lhe basta o salário de ex-governador, consultor em alguma empresa pública,agora precisa do PMDB…
    -É a bacia das almas….

Comente