Uncategorized

Há vida depois da morte?

Ficou um buraco na investigação do Ministério Público do Paraná sobre o caso Petrobras. O ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa deixou a empresa em maio de 2012 e o operador do PP, José Janene, morreu em setembro de 2010.

2 Comentários

  1. justino bonifacio martins Responder

    Se há; mandem o Paulo R. Costa fazer companhia para o Janene; lá junto com o Lucifer eles continuarão suas maracutaias; Vade retro satanazes!

  2. Pois é, coitados dos mortos, culparam só o Janene, e até sobrou para o Senador do PSDB, que também já morreu, claro estão no andar de cima, não podem se defender. Petistas é assim mesmo vão até ao além para acharem culpados e se saírem como inocentes. Deixem os defuntos em paz!

Comente