Uncategorized

Hauly e o macarrão

hauly - projeto - macarrao

Enfim, a grande contribuição legislativa do deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR). O projeto instituindo o Dia do Macarrão (25 de outubro), que acaba de ser sancionado por Dilma Rousseff, é e levou dez anos para ser transformado em lei. Datas comemorativas não necessitam passar pelos plenários do Congresso e são, tradicionalmente, sancionados pela presidente. O Congresso é prodigo em criar datas inusitadas: entre outras, o Dia do Milho, a Semana do Feijão e Arroz e o Dia do Quilo. Só em 2009, foram aprovados pela Câmara, outros 60 projetos semelhantes, instituindo o Dia do Tambor da Crioula, o Dia do Paisagista e o Dia do Frevo.

24 Comentários

  1. Amilton Oliveira Responder

    Já que o nobre deputado está tão imbuído em representar o povo brasileiro na Câmara Federal, que tal criar o dia da VERGONHA NACIONAL, porque, afinal, os demais 364 dias ficaria livre a patifaria generalizada que predomina nossa Pátria Amada atualmente….

    Fica a sugestão……afinal, não deve ser fácil trabalhar um projeto dessa magnitude !!!!!

  2. Angelo Garbossa Neto Responder

    Quanto mesmo esses caras recebem por mês para terem idéias tão CRIATIVAS?
    Ser representante do povo devia ser uma honra e não um sangue suga da sociedade.

  3. Donato Ribas Filho Responder

    Esse individuo acabou com as finanças do Estado e agora impõe essa bobagem para o País.Acho melhor ele parar de fazer bobagens e começar a trabalhar para ajudar a nação sair do atoleiro que se meteu, se tiver competência para isso.

  4. Mas por que a raiva? Responder

    Fábio Campana, estou feliz com sua indicação para a Ordem do Mérito do Pinheiro.
    E agora estou sabendo que a data do Macarrão é coisa dos produtores de trigo e massas alimentícias do Paraná e Brasil, portanto coisa do setor industrial burguês.
    Não seria algo para saber:
    – os relatores foram os petistas Iara Bernardi, Luiz Couto e João Magalhães na Câmara dos Deputados.
    No Senado Federal foi o comunista do PCdoB que tanto o Ricardo Gomide defende, doutor Senador Inácio Arruda.
    Será que ninguém viu irregularidade que você aponta?

  5. Ué, o cara não é o bam bam bam das finanças????????????????????????????????????????
    Para comer uma macarronada, não fazer feio na mesa, tem que pegar o grafo e enrroçlar o macarrão, certo?
    Pensando bem, ele não enrrola só o macarrão.

  6. Na realidade, dá vontade de chorar, rir, soltar um PUM, sei lá o que.
    Depois querem respeito.
    Neste finalzinho de ano, no apagar da luzes, sorrrateiramente, ainda sobra cara-de-pau para discutir verba de gabinete, auxílio terno e gravata etc, etc e tal.

  7. Nossa Deputado Luiz Carlos Hauly… que coisa… que projeto mais tosco… tenho vergonha deste projeto. Falta do que fazer.

  8. Juraci Paixão Responder

    A pior crítica é a sustentada na ignorância. Procurem conhecer da produção legislativa do Hauly para então sopesar o seu trabalho.

  9. MENSALEIRO JÚNIOR Responder

    ATÉ QUE ENFIM UM PROJETO DE GRANDE MAGNITUDE NA CÂMARA DOS DEPUTADOS,O BRASIL NUNCA MAIS SERÁ O MESMO DEPOIS DESSE PROJETO, DEVERÁ SER CITADO SEMPRE COMO O BRASIL ANTES DO DIA DO MACARRÃO E O BRASIL DEPOIS DO DIA DO MACARRÃO. PARABÉNS AO NOBRE DEPUTADO POR TÃO INVENTIVA IDEIA,DEVE TER SIDO BEM DIFÍCIL FAZER ESSE PROJETO.

  10. ser loque gomes Responder

    Como estou feliz! Nosso “nobre” representante conseguiu um feito inédito para o povo brasileiro! Um espetáculo de projeto (entre tantos outros no mesmo nível de importância) transformado em lei por um paranaense! Que pena que nunca votei neste “espetaculoso” político, me sinto tão chateado por essa minha falha!

  11. Graaaandee Hauly. Uma inspiração sem precedentes!
    Finalmente alguém lutando pelo povo do Paraná( rsrsrsrs….)

  12. Vê-se que o Brasil está quase perdido. Deputados e Senadores legislando uma besteira dessas enquanto o país afunda na lama. É fim da picada mesmo.

  13. CAMBADA DE VAGABUNDO…SEM VERGONHA NA CARA…

    POR QUE NÃO CRIA O DIA DO POLÍTICO PILANTRA…

    E O POVO MORRENDO DE FOME…SEM SAÚDE…SEM SEGURANÇA…SEM ESCOLAS DE QUALIDADE…

    VERGONHA…EU TAMBÉM NÃO SOU CÚMPLICE DESTE CAMARADA…

    VERGONHA.

  14. Adalberto Jardim Responder

    E tem gente que reclama do grande numero de abstenções (votos nulos, em branco e justificativas) nas eleições. Quantos votaram neste energúmeno? Deveria criar o Dia do Imbecil e que fosse numa 2ª feira que estes pulhas não trabalham…

  15. É impressionante o tempo que estes políticos gastam para projetos des-
    necessários. Trabalhem mais em prol da população. Criem sim o dia da
    comida para todos, vergonha dos políticos brasileiros, incompetencia dos
    eleitores…

  16. Caro FÁBIO, foi uma decepção muito grande para mim, ler essa matéria, pois até então, entendia o nobre deputado HAULY (PSDB) como um parlamentar que realmente defendia os interesses da população paranaense. Com essa matéria, fico livre para pensar que ele está propondo sua defesa, marcando um dia como diz o comentarista anterior, além de que, o macarrão é duro quando está fora da panela, porém quando adentra a mesma AMOLECE e fica igual aos demais, se mistura. Entendo também o porque do governador BETO estar propondo esse PACOTAÇO, com aumento da carga de impostos para reequilibrar as contas do estado. Por oportuno congratulo-me com os paranaense que encaminharam esse elemento para o descanso merecido em casa, pois, aprovar uma lei dessa envergadura é por demais desgastante num governo petista. Defendo a liberdade de imprensa, liberdade de opinião e liberdade de investigação. Apoio a proposta de ” o sul é o meu país”, e proponho o IMPEACHMENT JÁ da DILMA, antes da posse, para evitar maiores constrangimentos a sociedade brasileira. Atenciosamente..

  17. Agora só falta criar o dia da Corrupção !!!!! Ato mais praticado pelos diversos poderes !!!!!! Se o Janene estivesse vivo seria o mais indicado pai da Lei !!!!

  18. Esse é o tipo de projeto que não faz sucesso na mídia, pois o os escândalos da roubalheira da Petrobrás entre outros, está ofuscando quaisquer notícias, sejam elas, interessante ou não.
    É isso aí Deputado é melhor ser ofuscado, a ser notícias nos escândalos do PT e seus comparsas nas roubalheiras de nosso povo!.

  19. Eu acho que o nobre Deputado errou, ele deveria sim, ter instituído o projeto para o “dia Nacional da Pizza”, que nos atuais dias, é mais apropriado para o Brasil. Assim também estaria atendendo aos anseios do setor produtivo de trigo e massas alimentícias. Imaginem quantos pizzaiolos seriam homenageados no Senado, Câmaras Federal, Estaduais e Municipais. Além de farto contingente de pessoas que poderiam ser homenageadas nas esferas governamentais com a histórica “medalha de melhor pizza do ano”. Que os italianos não fiquem sabendo, pois podem ingressar com um processo no tribunal de Haya, pois o Brasil esta tentando denegrir a respeitável imagem mundial da Pizza (comestível é claro).

Comente