Uncategorized

STF valida condução de Moro nos processos da Lava-Jato

moro -_

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem (16) validar a condução do juiz federal Sérgio Moro na investigação da Operação Lava Jato. Seguindo voto do ministro Teori Zavascki, o colegiado entendeu que Moro, até o momento, não violou a competência do Supremo para julgar investigados com prerrogativa de foro.

A validação vai contra os interesses do PT e de outros investigados, que não veem a hora da operação sair de Curitiba e seguir para Brasília, devido à presença de parlamentares governistas nas investigações.

Em outra decisão, proferida em junho, a Segunda Turma validou as provas da operação e determinou que oito ações penais oriundas da investigação voltassem para a Justiça Federal no Paraná.

Em despacho proferido no mês passado, Moro considerou “fantasiosa” a argumentação de advogados de que ele está ocultando nome de parlamentares nos processos para que a investigação continue na primeira instância.

De acordo com as alegações dos investigados, Moro não poderia ter prosseguido com a investigação, uma vez que foram citados nomes de parlamentares. Os advogados argumentam que os autos deveriam ser remetidos ao STF, instância adequada para investigar parlamentares, que têm foro privilegiado.

5 Comentários

  1. Cajucy Cajuman Responder

    E nem poderia ser diferente. Precisamos de homens públicos valorosos a serviço de uma sociedade que clama por justiça, ética com a coisa pública e respeito pela Constituição Federal. Sérgio Moro é um exemplo e que outros o sigam para o bem do Brasil e da pujança que não pode faltar.

  2. Depois das declarações à imprensa de um dos advogados de um dos indiciados de que no Brasil, tanto Prefeituras em todo o País, Governos Estaduais, Estatais, Empresas de Economia Mixtas e Governo Federal (através de seus Ministérios) não realizam uma obra sequer se não houver propina? E o fato, quiçá, passou despercebido aos Políticos comentário de tamanha dimensão., que devia ter por norma usarem os seus direitos de “ESPERNEAR” (O FAMOSO JUS SPERNEANDI) e pasmem ninguém disse nada contra isso. Houve um MUTISMO geral, uma paralisia podemos dizer e afirmar. Em outras palavras falou que a CORRUPÇÃO NESTE PAÍS está INSTITUCIONALIZADA. Quão triste tal conceito.

Comente