Uncategorized

Para deputados, é improvável que Lava Jato acabe em cassação em massa

do Painel, Folha de S. Paulo:

A divulgação da lista de políticos citados na delação de Paulo Roberto Costa criou um clima de desconfiança no Congresso sobre a possibilidade de cassação em massa de mandatos em 2015. Lideranças dos principais partidos da base admitem reservadamente que, apesar da crise política, é improvável que os deputados e senadores aceitem cassar colegas que tenham recebido apenas doações legais do esquema —mesmo que os delatores digam que o dinheiro era proveniente de corrupção.

7 Comentários

  1. Caro FÁBIO, com mais essa manifestação as lideranças dos partidos da base da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA que está no poder há 12 anos, está procedendo como deve, cumpre o seu papel de ” CAPACHO”, preparar a sociedade para neutralizá-la quanto as manifestações contrárias, necessárias para cassação dos mandatos a partir de 2.015. Irão alegar que quem recebe de ladrão tem 100 anos de perdão. Porém esses políticos receberam RECURSOS FINANCEIROS desviados por corrupção, e quem trabalha com produto ou recursos derivados de roubos é RECEPTADOR. Portanto, não existe recebimento LEGAL de produto derivado de roubo. O CONGRESSO a partir de 2.015 estará repleto de RECEPTADORES, desde que atenda essa manifestação das lideranças da base. Porém a sociedade deve se preparar para reagir com toda a energia a tamanha afronta a DEMOCRACIA. A pequena parcela de políticos HONESTOS não necessitam pegar o ODOR desagradável dos corruptos da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA. Defendo a liberdade de opinião, liberdade de imprensa e liberdade de investigação. Apoio a proposta de ” o sul é o meu país”, e proponho o IMPEACHMENT JÁ da DILMA, antes da posse, para evitar maiores dissabores e vergonhas a sociedade. Atenciosamente.

  2. NA CORDA BAMBA Responder

    Por isto mesmo que estes políticos precisam sumir do mapa. Pedir para
    cassar políticos julgados por políticos é o mesmo que colocar um lobo no
    meio do galinheiro.

  3. Cajucy Cajuman Responder

    “Doações legais” de dinheiro roubado? Isso é conversa fiada. ** É a mesma coisa quando o ladrão rouba e repassa o fruto do roubo para os receptadores. Perante a lei, são culpados sim! ** Com os nobres parlamentares que eventualmente usufruíram do fruto dessa malversação do dinheiro público e perante a sociedade decente, terão que pagar o preço do descrédito público e a perda do mandato, por falta de decoro. ** Não estarão mais aptos a representar o eleitor trabalhador e honesto. Simples assim.

  4. Cassaram o André Vargas porque estava no fim do mandato, se fosse inicio jamais teria sido cassado, tudo conversa fiada. Tanto no Congresso, como também nas demais casas Legislativas do País, nos dias atuais, predomina o Corporativismo, dificilmente um Deputado é Cassado por se envolver em escândalos.
    Bom, se onda pegar também, creio que ficariam poucos!………………………

Comente