Uncategorized

Do novo ministro de Dilma: “Professor deve trabalhar por amor, não por dinheiro”

“Professor deve trabalhar por amor, não por dinheiro”. A frase, para quem não sabe, é do governador do Ceará, Cid Gomes (Pros), escolhido pela presidente Dilma Rousseff (PT) para ser o novo ministro da Educação e foi cunhada certa vez ao mandar um recado amargo os professores da rede cearense de ensino público, que estavam em greve.

Para ele, quem desenvolve atividade pública deveria colocar o amor pelo que faz na frente do retorno financeiro. “Quem entra em atividade pública deve entrar por amor, não por dinheiro”, disse Cid na época. “Quem quer dar aula faz isso por gosto, e não pelo salário. Se quer ganhar melhor, pede demissão e vai para o ensino privado”, afirmara.

Na ocasião, o Sindicato dos Professores do Ceará (Apeoc) disse que o governo do Ceará não cumpria a Lei Federal do Piso e o plano de cargos e carreiras dos professores. A categoria queria a aplicação do piso para os profissionais de nível médio, graduados e pós-graduados.
Área de anexos
Visualizar o anexo cid gomes novo minsitro educacao dilma PT professor deve trabalhar por amor nao por dinheiro.jpg
[Imagem]

22 Comentários

  1. Concordo com o Ministro da EDUCAÇÃO, e acho também que o exemplo deveria vir de cima, deveria ter aceito o convite para o importante cargo que ocupa,não pelo amor ao polpudo salário, ou pelo status, mas por amor à Pátria, bem como a cada cidadão brasileiro. Se fosse ele, em respeito a todos os professores que não são valorizado eu diminuiria meu salário e o deixaria proporcional aos salários dos professores que a maioria ganha mal e ainda vezes apanham ou até morrem assassinados por alunos bandidos dentro das escolas , simplesmente por falta da segurança pública que deveria existir nas escolas.

  2. Quem entra na atividade pública (…). Ué?! Eles trabalham só por amor?
    Não vou comentar mais nada … véspera de Natal. Felicidades para todos nós, sob mais uma data Católica, com Jesus Cristo no coração.

  3. Esta é para os petistas que enchem a boca para dizer que representam o novo e o avanço na educação… Vamos de mal a pior…

  4. O novo MINISTRO CID GOMES não precisa falar mais nada depois de ter dito essa aberração, quiçá, seja de sua estirpe tal conceito que é o mesmo dos PTralhas. Pagar mal para ter mais dinheiro para ser repartido.

  5. A raposa tentando convencer o galinheiro de que galinha boa é aquela dá bom caldo… para a matilha !! Esse é o Brasil miserável que o eleitor desinformado escolheu…
    Agora é aguentar, enquanto puder…

  6. Sugiro que seja o próprio Ministro o primeiro a devolver os seus vencimentos e trabalhar POR AMOR ou procurar emprego em uma empresa privada! Nós Educadores estamos perdidos!!! Socorre-nos Senhor!

  7. e não é que o novo ministro da Educação está coberto de razão. Mas ele se esquece de que saco vazio não pará em pé. Também de que ele nunca precisou viver com o que ganham estes tantos professores a que ele alude. Duvido que afirmasse isto se ganhasse o que ganha um professor.

  8. ESSE CARA NÃO SABE O QUE UM PROFESSOR PASSA NA SALA DE AULA, É CARGO ARRANJADO PARA ESSE DERROTADO, E FALA ESSAS ASNEIRAS. OLHA O SALÁRIO DOS PARLAMENTARES E VEJA QUEM TRABALHA PARA EDUCAR OS FILHOS DESTES IDIOTAS. VAI SER UM GRANDE MINISTRO DA EDUCAÇÃO COM ESSAS IDEIAS???

  9. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    Já começou mal. Querendo se apresentar como o salvador da pátria.Porque ele não dá o exemplo?

  10. ana sueli ribeiro vandresen Responder

    Uma sugestão a este senhor: ele deve doar seu salário de ministro para uma instituição de caridade; para os pobres; para um hospital, já que, provavelmente, ele é político por amor ao seu Estado, ao seu país.

  11. É vergonhoso termos que aceitar uma pessoa dessas para gerenciar a pasta da educação . Ele como faz parte dos ricos que mamam nas tetas do Governo, não ttem o direito desnospresar os professores que já vivem em dificuldades financeiras, que qualidade de ensino você quer idiota.

  12. Aristides schiavinatto Responder

    Um belo exemplo do futuro ministro da educação é que ele é político por amor: ao dinheiro.

  13. A impressão que dá é que o Governador do Ceará CID GOMES, é um politico que trabalha por amor, não visa vantagem financeira, deve ser homem muito honesto!…………………….
    Deveria abrir sua declaração de imposto de renda antes de ter iniciado sua vida na política até os dias atuais, com certeza íamos concluir que o discurso e a prática não caminham juntos. Isso é uma vergonha.

  14. Em parte esse cidadão tem certa razão. Mas será que o próprio também está no serviço público por amor? Para um servidor que percebe por mês um salário de mais de R$ 20.000,00 é fácil fazer tal comentário. Pimenta nos olhos dos outros é refresco.

  15. CARO SR..EU NAO SOU PROFESSOR..QUE DEVERIA GANHAR BEM MAIS QUE VOÇES …….POIS O PROFESSOR ENSINA OS FUTUROS REPRESENTANTES DO BRASIL A SER ALFABETIZADOS……….ENTÃO FAÇA UM ACORDO….O SR TAMBEM NAO IRA RECEBER SEU SALÁRIO;;PODE SER???????????????

  16. Francisco Franklin Marques Mor Responder

    Quem educa por amor é o pai e a mãe para com seus filhos, o professor é um profissional como qualquer outro, ou melhor é uma maquina de fabricar profissionais.

Comente