Uncategorized

Para o PSDB, barrar regulação da mídia é ‘prioridade’

unnamed
do Josias de Souza

O senador Aloysio Nunes Ferreira, líder do PSDB, guindou à condição de prioridade o combate à proposta de regulação da mídia. “Todos os que se opõem ao governo Dilma têm o dever de se unir no Congresso e nas ruas para o combate sem trégua a essa tentativa criminosa”, disse ele, neste sábado, em timbre de conclamação. “O que está em jogo é a liberdade de expressão, cerne da vida democrática. Essa é a prioridade das prioridades.”

O líder tucano referiu-se ao novo ministro das Comunicações, o petista Ricardo Berzoini, como “aloprado”. E tratou a pretensão de regular a imprensa, como “proposta celerada”. Uma proposta que, na opinião de Aloysio, pode unificar “facções rivais” do conglomerado governista e “grupelhos da esquerda antidemocrática”.

A posição do PSDB coincide com a do PMDB. Líder do partido e candidato a presidente da Câmara, Eduardo Cunha disse que os peemedebistas serão “radicalmente contrários a qualquer projeto que tente regular de qualquer forma a mídia.” Mais: “Não aceitamos nem discutir o assunto.”

2 Comentários

  1. Se a oposição capitaneada pelos tucanos quer mesmo que a mídia continue livre, sem regulação, nome novo para uma coisa velha, que é a censura, ela se alie à Poderosa, com ela nem o Governo pode.

  2. O PSDB não pode ( não deve ) negligenciar é preciso mobilizar todos os seguimentos organizados e bater de frente contra essa ideia ( tentativa ) criminosa de regulamentação da mídia isto compromete profundamente os pilares de sustentação da nossa democracia conquistada ao longo do tempo há um custo imensurável de lutas realizadas por setores organizados em defesa dos direitos democráticos.Não ao regime Chavista, não ao regime Cubano, queremos democracia liberdade de expressão total e irrestrita.Não ao PT.

Comente