Uncategorized

Paraná anuncia centro integrado de combate
ao crime organizado

sesp - org.

O secretário de Segurança Pública do Paraná, Fernando Francischini, anunciou nesta quinta-feira (8), a criação de centro de monitoramento integrado de imagens que ajudará na inteligência para desmembrar o crime organizado no Estado. A operação contará com sistemas do governo do estado e de municípios. “É uma determinação do governador Beto Richa a integração da Secretaria de Segurança Pública com os municípios do Paraná, bem como a criação de um sistema de monitoramento de câmeras para auxiliar o trabalho da polícia”, disse Francischini. As imagens vão ajudar, por exemplo, a combater assaltos, roubos de carros e as quadrilhas que agem em caixas eletrônicos.

Ontem o secretário esteve com o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), para propor um convênio com o município para a central. Com isto, as captadas pelas câmeras da Urbs, da Secretaria Municipal de Trânsito e da Guarda Municipal seriam integradas ao Centro Integrado de Comando e Controle da Sesp. “É mais uma das medidas para o combate à criminalidade em Curitiba. As imagens são de grande valia para o trabalho de inteligência das polícias Civil e Militar do Paraná”, completou Francischini.

6 Comentários

  1. Segredou-me um passarinho com ninho lá no Centro Cínico, perdoe o plágio Zé, que vai ter uma unidade também instalada dentro da Casa de Ali Babá, do TJ e do TCE. Nada como ser previnido.

  2. Sergio Silvestre Responder

    No TJ e no TCE teria que ter cela para todos,não a famosa CICO,gosto das siglas governamentais.

  3. O BETINHO PINÓQUIO RICHA DISSE NA ELEIÇÃO QUE IRIA INSTALAR O SISTEMA VIGIA,QUE SEGUNDO ELE FOI ADOTADO EM NOVA YORK.LEMBRAM DISSO.KKKKKKKKKKKKK.SABIA EU TBM ACREDITO EM PAPAI NOEL E COELHINHO DA PASCOA.KKKKKKKKKKKK.BEM FEITO AOS 3 MILHOES DE TROUXAS QUE VOTARAM NELE.KKKKKKKKK

  4. Vamos anotar: O gajo falou em ‘inteligência’? Ok. Presume-se, então, que a dita ‘inteligência’ já extirpou todos os ‘policiais’-bandidos a serviço do crime organizado, como fizeram com os pms chefes da quadrilha dos caixas eletrônicos. Presume-se, então, que tudo está limpo. Agora, se doravante aparecerem novos ‘policiais’ flagrados em primeira mão pela IMPRENSA como partícipes do crime organizado, então, estará provado que não existe inteligência alguma, e que o gajo confunde ‘inteligência’ com ARAPONGAGEM. Como disse o Mazza, ‘que inteligência é essa que não conseguiu sequer detetar os pms chefes da quadrilha dos caixas eletrônicos?’

Comente