Uncategorized

No PT é tudo pelo poder, diz Rossoni

rossoni - pt poder

O deputado Valdir Rossoni, presidente do PSDB-PR, disse no seu perfil no Facebook que as declarações da ex-ministra da Cultura, Marta Suplicy (PT), “expondo as feridas e desentendimentos entre facções dentro do partido confirmam: o único projeto que existe é o da manutenção do poder, não importa de que forma isso seja conquistado”.

“Até aqui conseguiram, com muita mentira e bagunça administrativa. Lembrem que, para se reeleger, Dilma Rousseff atacou os planos de Aécio Neves de recuperar a economia a partir de um ajuste – e é exatamente isso o que a presidente vai fazer agora. Vai conseguir? Pelo que fez até aqui, duvida-se – e o que vai acontecer ao país pouco importa para essa gente”, completou Rossoni.

5 Comentários

  1. Apesar de concordar plenamente com o deputado, fico pensando em quem seria digno de voto. Não de um voto inconsciente ou escolhido pelo sobrenome, mas quem seria digno de passar por uma filtragem que avaliasse sua conduta, seus pareceres, sua ética e mesmo assim ainda se mantivesse digno.
    Reitero que a ótica do deputado coincide totalmente com a minha, mas é completamente desanimador o fato de saber que nem ele passaria por tal crivo, uma vez que entre os vários nomes da sua lista de funcionários fantasmas, figurava inclusive o nome de sua amante (ou ex-amante, pois hoje encontra-se casada em União da Vitória) por quem certamente os temidos fiscais do leão deveriam se interessar.
    Abomino as estratégias utilizadas pela maioria dos governantes petistas, mas também abomino a forma fugaz como o governador eleito Beto Richa traiu a confiança de seus eleitores ao sorrateiramente fazer aprovar seu “tarifaço”. Candidatou-se, reelegeu-se e sacou as cartas da manga justamente contra quem depositou-lhe confiança.
    Se governo e oposição se utilizam de mesmas técnicas não somos nada além de fantoches.

  2. O sujeito fala como se fosse uma vestal, um puro!
    Senhores políticos, entendam de uma vez por que vocês são uma merda!( sem exceções)

Comente