Uncategorized

“Kassab é o cafetão do Planalto”, diz Caiado

ronaldo__

O deputado federal e senador eleito Ronaldo Caiado (DEM-GO) atacou ontem o ministro das Cidades, Gilberto Kassab (PSD), pela tentativa do ex-prefeito de refundar o Partido Liberal (PL) para atrair deputados e senadores para a nova legenda, que seria da base de apoio a Dilma Rousseff. “Kassab é o cafetão do Planalto. Agiu assim com o PSD e agora com o PL”, escreveu Caiado no Twitter. Das agências/Gazeta do Povo.

O ministro, que era do DEM, criou o PSD para atrair parlamentares do partido que queriam migrar da oposição para a base governista no Congresso. Por causa dessas manobras, o DEM ficou esvaziado e hoje é uma legenda bem menor do que era até a criação do PSD.

A ideia de Kassab ao recriar o PL é atrair parlamentares para a nova sigla para depois fundi-la com o PSD. Parlamentares podem mudar de partido sem perderem o mandato caso migrem para uma nova sigla.

“É uma fraude o que Kassab está fazendo. Tudo para enfraquecer a oposição e inflar a já grande base do governo”, afirmou Caiado. Segundo o senador eleito, o ministro “se especializou em transformar a política em pornografia”.

5 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    Partido Liberal para fazer parte da base aliada de um governo socialista-de-salão e lulo-bolivariano. Essa é ótima. Fundem logo o partido da bandalheira nacional.

  2. Esse Kassab nunca foi FLOR QUE SE CHEIRA, e o que é pior criar partidos para que certos “CRÁPULAS” da política mudem de partido obtendo vantagens, algo inconcebível. Essa mania de criar partido político está cada vez mais sendo proliferado neste País. Daqui uns dias teremos mais de cinquenta (50) partidos, daí a Presidente para agradá-los ou cooptá-los aumentará o número de Ministérios, incluindo aí o da CORRUPÇÃO (embora não esteja criado ela está a pleno vapor.

  3. Parabéns, Senador Ronaldo Caiado. O sr.é um homem coerente e íntegro. Pelo menos demonstra isso desde o primeiro dia que pisou em Brasília; isso há muito tempo.

  4. -Fundem-se partidos com o objetivo de atrair mais políticos para aumentar a base aliada do governo, mas na verdade, é apenas barganha por ministérios e outros órgãos do governo em que o salário é muito rechonchudo!!!
    -Na verdade tínhamos que diminuir tudo para menos da metade: políticos, salários de políticos, número de assessores(aspones), número de ministérios, ONG’s, e outras coisas mais…

Comente