Uncategorized

Funcionários da Saúde
da Prefeitura de Curitiba ameaçam greve

sismuc

Servidores da saúde da Prefeitura de Curitiba fizeram um protesto na manhã deste sábado (17) pelo Centro usando narizes de palhaço. Eles realizaram uma marcha da Praça Santos Andrade e foram até a Boca Maldita, entregando panfletos para alertar a população as más condições de trabalho e também a suspensão de direitos de trabalhadores do SUS. Eles ameaçam parar no dia 2 de fevereiro caso não sejam ouvidos pela administração municipal.

Os manifestantes se reuniram e somaram cerca de 300 servidores. Eles estavam com jaleco roxo, indicando que ‘a saúde está roxa de raiva’, segundo representantes do Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba (Sismuc). Segundo o sindicato, a falta de novos concursos públicos para as equipes do Sistema Único de Saúde (SUS) tem levado à sobrecarga dos trabalhadores.

Ainda, na pauta de reivindicações, que atinge enfermeiros, técnicos em enfermagem, técnicos em higiene dental, auxiliares de consultório dentário e auxiliares, estão o pedido de novos concursos públicos; o pagamento de horas-extras e não o repasse para banco de horas; pagamento de reajuste salarial previsto para dezembro de 2014; e, principalmente, a melhoria das condições de trabalho em todas as unidades de saúde.

Outro lado

A Banda B tentou entrar em contato com a Prefeitura de Curitiba durante a tarde e não obteve sucesso.

4 Comentários

  1. Quase ninguém sabe – mas a Polícia Militar do Paraná está sem o SAS, o Beto Richa deu o calote.

  2. NA CORDA BAMBA Responder

    Realmente o Fruet abraçou o diabo mesmo. Se a favor da maré é difícil
    administrar, imaginem com esta onda de insatisfação que ronda o seu go-
    verno. Está na hora de jogar a toalha e sair pela porta dos fundos de ma-
    neira que ninguem perceba da sua existencia…

  3. Só vai ficar na ameaça!!!

    O sindicato é do PT, duvido que saia greve, não irão bater na Miriam.

    A saúde deveria se organizar e fazer um sindicato próprio !!

    #ficaadica

Comente