Uncategorized

Pupin agradece Francischini

maringa ---

O prefeito de Maringá, Roberto Pupin, agradeceu ao secretário estadual da Segurança Pública, Fernando Francischini, pela operação que prendeu 17 suspeitos de furto, roubo e tráfico de drogas, entre eles uma quadrilha que explodia caixas eletrônicos em Maringá e região. “A integração entre as polícias Civil e Militar foi fundamental para o êxito da operação. A população de Maringá agradece o belo trabalho prestado pelas nossas forças de segurança”, afirmou Pupin ao receber Francischini.

Pupin e o secretário estavam acompanhados do deputado federal Ricardo Barros, do delegado-geral da Polícia Civil, Júlio Cézar dos Reis, e o subcomandante-geral da Polícia Militar, coronel Nerino Mariano de Brito.

10 Comentários

  1. Se a moda pega…agora o Secretário sai na imprensa até pela polícia ter prendido bandido! Coisa anormal, qual seria o trabalho da polícia mesmo aqui no Paraná? Ah sim, no Paraná, polícia cuida de bandido nos Distritos abarrotados.
    Bem, seguindo no assunto, hj foi preso um cara que roubou uma muda de roupa e um tênis no varal em uma residência aqui em Foz do Iguaçu, nosso Prefeitaço Reni Pereira poderia agendar um horário com o Secretário para agradecer!
    Esses políticos não tem o que fazer??????

  2. Boa tarde, parabéns para a Polícia Militar e para a Civil, belo trabalho, mas é bom avisar ao Exmo Secretario que ta na hora de trabalhar e descer do palanque, ele é só posse para foto, trabalhar nada…..

  3. O que a população quer é resultados como vem logo apresentando o novo secretário de segurança e não discursos vãos que permearam a ação governamental na anterior gestão, cuja ausência e inapetência do mandatário-mor – sempre esguio a problemas quando não convêm aparecer em fotos – já se tornaram proverbiais e obviaram medidas efetivas.

  4. Prefeito agradecendo Secretário de Segurança porque a policia fêz uma operação e prendeu 17 suspeitos . Peraiiii. Será que a notícia tá certa ? E esse pessoal se diz profissionais de segurança ? Tá parecendo mais coleta de material para a próxima campanha. Meu Deus !!!!!

  5. Paraná Alerta! Responder

    É, está sendo e será o pior secretário da insegurança do Paranada!
    E o pior, pela postura arrogante, parece nutrir uma cultura de violência com a qual, supostamente, tudo deve ser resolvido na bala.
    É bom lembrar que o Governador Beto Richa tem o Domínio do Fato, bem como o atual secretário da insegurança. Qualquer tiro em inocente precisa levar ambos para o fuuundo da cadeeeeia, sem chance, sem dó e sem piedade!
    Vejam o caso do Jornalista Celso Nascimento da Gazeta do Povo.
    http://www.gazetadopovo.com.br/colunistas/conteudo.phtml?id=1526751&tit=Cultura-da-violencia-na-PM

  6. PERAÍ. O PREFEITO DE MARINGÁ VEM AGRADECER AO SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PELA POLICIA TER PRENDIDO LADRÕES? E O LEITÃO VESGO DO LADO?
    MAS NÃO É ESSA A FUNÇÃO DA POLICIA? E SE A MODA PEGA E CADA PREFEITO VEM AÍ. E SE AMANHÃ TIVER NOVOS ROUBOS EM MARINGÁ COMO É QUE FICA? CADA PRISÃO UM AGRADECIMENTO?
    COM DIREITO A FOTO E TUDO.
    ETA PESSOALZINHO DE MARINGÁ QUE GOSTA DE UMA FOTO.
    NÓS POVO SOMOS REALMENTE IDIOTA. QUALQUER PEIDO É UMA NOTICIA. MAS ISSO POR FALTA DE NOTICIAS DE COISAS BOAS QUE OS ADMINISTRADORES ESTAO FAZENDO.

  7. Que me desculpem os leitores, mas esse secretário é FODA mesmo, pistola na cinta e tudo mais, é assim que se mostra a autoridade, bandido bom é bandido morto, entenda-se FODA, como um elogio.

  8. desce do palanque secretário, não fez mais que sua obrigação, afinal ganha bem pra fazer seu serviço

  9. PRIORADO DE SIÃO Responder

    O povo sempre esperou por soluções na área de segurança pública. O Dr. Francischini tá mostrando serviço, parabéns !

  10. Senhor Secretario deve ter ouvido muito o ditado português da época napoleônica “Tudo como dantes no quartel de Abrantes” pois este ditado se aplica direitinho a sua “nova”administração do sistema penitenciário. pense nisto pois os funcionários aguardam caras novas com ideias novas.ou periga se tornar slogan da sua gestão no sistema penitenciário.

Comente